Resenha | A Garota do Calendário – Janeiro da Audrey Carlan

Mia esta em uma grande enrascada, ela precisa arrumar 1 milhão de dólares para pagar uma dívida de jogo que seu pai arrumou com seu ex namorado. Ela não sabe mais o que fazer: seu pai esta internado em coma em um hospital depois de ter levado uma surra e ela e sua irmã estão correndo risco de vida devido essa dívida que seu pai fez. A única solução: trabalhar para sua tia Millie como acompanhante de luxo durante 12 meses e acabar com a dívida do seu pai.

Ela esta muito indecisa e sabe que não pode dizer não e com isso ela começa a sua empreitada para conseguir o dinheiro e salvar o seu pai. No mês de Janeiro Mia conhece Wes, um roteirista. Ela é contratada pela a mãe de Wes com um único objetivo: ser um escudo contra as interesseiras desse meio artístico.

Mia esta se encantando com o jeito de ser de Wes, mas ela já estava com tudo planejado: nada de se apaixonar pelos seus clientes. Mia e Wes se dão muito bem, e uma grande amizade vai crescendo entre os dois. Os dias vão se passando e ambos estão cada vez mais conectados um com o outro. Será que o relacionamento dos dois vão além de uma amizade?.

A Garota do Calendário – Janeiro é um livro hot. Vi muitos comentários negativos sobre ele já que a história se tornava muito maçante, já que o enredo principal do livro eram 12 meses com 12 acompanhantes diferentes. Esse é meu primeiro mês, então até agora agostei bastante do que li. É um livro com bastante cena de sexo mas diferente de muitos que 90% do livro tem só cena de sexo. É claro que para um livro do gênero erótico não ter sexo, então não é do gênero. Curti bastante a escrita da Audrey, ela é simples e cativante. Li o livro em um dia.

Se a série continuar no mesmo nível do primeiro vai ser uma das minhas favoritas.

Sinopse:

O que você faria para salvar a vida de seu pai? A vida é feita de escolhas. Mia Saunders fez a dela. Fenômeno editorial nos Estados Unidos com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser… Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.

 

Total
0
Shares
Related Posts
Total
0
Share