os isu em assassins creed

AC Valhalla: As divindades existentes em Assassin’s Creed

Eles foram os Precursores da humanidade

Em Assassin’s Creed: Valhalla teremos a presença das divindades nórdicas, como Odin, Heimdall, Thor, etc, porém existem outras “divindades” que estão ligadas à origem da guerra entre Assassinos e Templários. Podemos dizer até que eles são os fundadores dela.

Estas criaturas são conhecidas como Isu, também são chamados de a Primeira Civilização, Precursores ou Aqueles Que Vieram Antes, e a Abstergo Industries classificou eles como Homo sapiens divinus. Eles foram, na verdade, uma espécie antiga e avançada de hominídeos, foram os primeiros conhecidos à chamar a Terra de lar.

A história dos Isu

Assassin's Creed Isu Grand Temple | Templo

A história dentro do jogo diz que os Isus eram seres altamente evoluídos, tendo acesso à tecnologias inimagináveis. Eles foram os responsáveis pela criação dos Pedaços do Éden, presentes em diversos jogos da franquia.

Durante os jogos, temos algumas visões destes seres, são eles: Aphrodite, Hefesto, Hermes Trismegistus, Juno, Jupiter, Minerva, Osiris, dentre outros.

Minerva explica que foram eles quem criaram a raça humana e pretendiam usar eles como escravos, uma vez que eles sabiam que a Terra poderia ser destruída caso os Isus não estivessem no controle. Porém a raça humana, com o passar do tempo, começou a aumentar em número e se rebelar, o que dificultou para que os Isus conseguissem ter controle deles. Isso explica a criação de mais Pedaços do Éden para conseguir manter o controle.

De alguma forma, essas peças perderam sua capacidade de influenciar os humanos, seja por imunidade natural ou por uso excessivo. Assim a guerra contra os Isus era inevitável, o que causou grandes perdeas de ambos os lados.

Durante a guerra a Primeira Civilização não reparou que uma tempestade solar iria atingir a terra e fazer com que ela ficasse geologicamente instável, contudo ambas as raças conseguiram sobreviver a essa catástrofe, que historicamente foi similar à Catástrofe de Toba, onde uma erupção vulcânica dizimou grande parte da humanidade que vivia na Suméria.

Os poucos Isus que sobreviveram gravaram hologramas para gerações futuras tentando explicar tudo o que fizeram e o que seria preciso para evitar novas catástrofes e levar a humanidade a um caminho próspero. A Trindade Capitolina, formada por: JunoMinerva e Júpiter construíram diversos “templos” para deixar essa sabedoria de forma segura, para que os humanos daquela época não descobrissem.

Dentro dos restantes, existiam divergências de como deveriam proceder, alguns acreditavam que os humanos deveriam se curvar e obedecer cegamente novamente para que não houvesse outra revolta e guerra, de outro lado os Isus acreditavam que a liberdade do indivíduo construiria um futuro melhor, onde guerras poderiam ser evitadas se todos pensassem livremente.

Deuses de todas religiões

Odin's Role in Assassin's Creed Valhalla | Game Rant

Os Isus têm similaridades com Deuses de diversas religiões, sejam pelos nomes, pelos feitos ou por terem criado a humanidade. Vários momentos da humanidade como conhecemos são “explicados” em Assassin’s Creed como feitos deles ou desdobramentos da batalha entre Assassinos e Templários.

O que poderemos ver em Valhalla pode ser a manifestação de um dos Precursores agindo como Odin e guiando Eivor no caminho da liberdade ou da guerra contra os povos saxões. Talvez alguém que tenha encontrado um dos templos da Trindade Capitolina e agora está tentando mudar o destino dos povos nórdicos. Assim como em outros jogos, que descobrimos os motivos por detrás de tudo sendo algo baseado no que foi criado no passado.

Assassin’s Creed: Valhalla será lançado em 10 de Novembro

Total
0
Shares
Previous Article
BlizzConline logo

BlizzConline será exibida gratuitamente

Next Article

LoL | Conheça o quarteto que irá encarar a decisão brasileira do Red Bull SoloQ

Related Posts
valheim 1613409654486 v2 1920x1080
Read More

Preview | Valheim

Novo sucesso do momento, Valheim é principalmente uma caixinha de potencial futuro.