brtt

CBLOL 21 | PaiN vence LOUD e consegue primeira virada da história do CBLOL

Na primeira série das Quartas de Final, PaiN consegue classificação heroica contra LOUD.

E aconteceu finalmente o primeiro confronto das Quartas de Final do CBLOL 2021 1º Split, entre PaiN Gaming e LOUD. E como já dito anteriormente em nossa matéria “Como chegam as equipes para os play off“:

Donos da 5ª posição e tendo um início de split relativamente ruim, a PaiN Gaming vem em fase maravilhosa, tendo vencido 7 partidas das 9 do turno de volta e estando atualmente numa sequência de 4 vitórias. O grande destaque dessa sequência vêm das vitórias contra as equipes da Red Canids e Flamengo, onde a equipe não apenas venceu como também teve uma atuação bastante sólida e convincente. Além disso, os jogadores vem se mostrando bastante confiantes, além de estarem se divertindo enquanto jogam, mostrando uma sinergia espetacular. Apesar desse bom momento, a equipe não venceu a LOUD na fase de grupos.

Do outro lado, terminando a fase de grupos na 4ª colocação, a tropa da LOUD é outra equipe que começou o campeonato muito forte, sendo cotados como favoritos a chegar na final, mas com o tempo viu seu nível de gameplay oscilar. Para a felicidade da equipe, os jogadores parecem ter se reencontrado novamente no fim do split, terminando a última semana em um 2-0, em vitórias contra Flamengo e Rensga.

Dessa forma, o que vimos foi uma série com a LOUD bastante dominante nos dois primeiros jogos, porém a PaiN mostrou toda sua vontade e força para conseguir empatar. No jogo final, em uma partida emocionante, a equipe dos tradicionais conseguiu vencer e realizar o primeiro reverse sweep da história dos Play offs do CBLOL, isto é, vencer a série depois de estar perdendo por 2×0.

Confira abaixo o resumo das partidas:

LOUD 1 x 0 PaiN Gaming


LLL: Thresh – Jinx – Azir – Volibear – Renekton
PNG: Nautilus – Tristana – Orianna – Hecarim – Gragas
MVP da partida: Ceos – Thresh (0/0/16)

LLLPNG1

Na primeira partida da série, o First Blood veio para a equipe da Loud, que conseguiu em um dive na bot lane garantir logo dois abates, com destaque para Ceos na joga, que usou o esfolar para impedir a fuga de brTT pelo salto foguete. Com controle da bot lane, a equipe garantiu facilmente o primeiro dragão.

O jogo começou a desandar cedo para a equipe da PaiN quando CarioK foi pego e morto em sua própria selva. Segundos depois a equipe tentou lutar novamente no mesmo local, e dessa vez o confronto terminou com 3 abates a 0 em favor da loud. Por mais que a PNG tentasse criar jogadas, as respostas da LLL sempre eram melhores, conseguindo mais abates.

A diferença de jogo era tanta, que aos 12 minutos de jogo, Duds tinha quase o dobro de farm de brTT, e a LLL apresentava quase 6k de ouro de vantagem. Aos 14 minutos de jogo, quando as barricadas caíram, a equipe da PaiN já havia perdido duas torres na rota do meio.

A tropa da LOUD seguiu administrando o jogo e a vantagem, até encontrar uma boa luta pós dragão da PaiN na qual conseguiu 2 abates e partiu para o barão. A equipe dos tradicionais se seguraram muito bem nesse momento do jogo, inclusive coletando 3 abates. Porém, precisando pegar dragões para então entregar a alma infernal para a Loud, a PNG foi para o pit, deixando sua base desprotegida. Enquanto Tinowns sofria uma pick off de MewKyo e Tay, o resto da equipe da LLL levava a base adversário inteira. Sem os jogadores conseguirem voltar para se defender, a LLL levou o nexus e venceu a primeira partida.

PaiN Gaming 0 x 2 LOUD


PNG: Thresh – Caitlyn – Lucian – Nidalee – Cho’Gath
LLL: Rell – Jinx – Ahri – Udyr – Renekton
MVP da partida:  Ceos – Rell (3/3/14)

LLLPNG2

Mais uma vez o first blood veio para LOUD, com MewKyo realizando bom gank e a equipe abatendo Luci. O jogo seguiu com as duas equipes tentando criar jogadas e utilizando seus recursos de maneira agressiva. Na luta pelo primeiro arauto, apesar da PNG estar fazendo o objetivo, a iniciação da LLL foi bem melhor, conseguindo roubar o objetivo e garantir dois abates.

O jogo ia ficando tenso de acordo com que ninguém abria uma vantagem significativa no placar de ouro. Dessa forma, em uma jogada bastante bizarra, a PaiN tentou iniciar um barão no 5×5, e o resultado foi desastroso, com a Loud explodindo rapidamente brTT e garantindo mais 3 abates, além do barão, e pouco tempo depois o inibidor da rota do meio. E a vantagem, que era de 600 de ouro, pulou para 6k.

Nascendo o segundo barão, a equipe da LLL partiu para o objetivo, e quando a PaiN chegou para contestar, eliminaram os 5 jogadores dos Tradicionais em um Ace não oficial. A equipe da PaiN continuou vindo as poucos, perdendo mais membros e apenas atrasando o objetivo.

No desespero e tentando forçar o TP de Tay, mais uma vez a PaiN tentou iniciar um barão. Mas com brTT sofrendo um pick off, a equipe da LLL só partiu para a base da PaiN, garantiu o Ace e fez 2×0 na série.

LOUD 2 x 1 PaiN Gaming


LLL: Nautilus – jinx – Azir – Udyr – Mordekaiser
PNG: Rell – Draven – Zoe – Hecarim – Camille
MVP da partida: CarioK – Hecarim (3/1/11)

PaiN vitória

Dessa vez o first blood veio para a mão da PaiN, com CarioK divando a bot lane adversário e abatendo DudsTheBoy. O time da PaiN continuava jogando para a bot lane, conseguiu outro abate, porém no topo Robo ia tendo bastante trabalho, inclusive sendo solado por Tay. Quando CarioK tentou ajudar seu top laner, Tay não apenas segurou os dois jogadores, como Robo acabou abatido com a chegada de Ceos na lane.

Apesar de Tay, a equipe da PaiN se monstrava muito mais ativa no jogo, abatendo MewKyo e roubando o Arauto quando o mesmo tentava fazer o objetivo. Na sequência, Tin garantiu uma solada em cima de dyNquedo. E que partida ia fazendo o mid laner da PaiN, dando ritmo para seu time e criando jogadas em diversos locais.

Porém, quando o jogo parecia completamente dominado pela PaiN, Tay conseguiu levar brTT para o mundo das sombras, e apesar de ambos terem se matado, sem atirador a luta ficou bastante ruim para PaiN, que perdeu 4 jogadores, e viu a Loud garantir o barão. Por outro lado, a equipe da PNG conseguiu responder bem o bônus, eliminando os jogadores da LLL depois de conseguirem, apenas uma torre.

O jogo seguiu muito tenso e equilibrado, até uma luta que poderia ser a alma da PaiN, onde os tradicionais conseguiram o Ace, partiram direto para a base da tropa e ganharam a partida.

LOUD 2 x 2 PaiN Gaming


LLL: Rell – Jinx – Lucian – Udyr – Mordekaiser
PNG: Leona – Tristana – Viktor – Hecarim – Camille
MVP da partida: brTT – Tristana (8/1/4)

LLLPNG4

Dessa vez o first blood veio para Robo, que abateu MewKyo que roubava o bônus vermelho de CarioK. Na sequência, Tay descontou pegando abate no próprio Robo. Na base da rotação e domínio de mapa, a PaiN garantiu também o primeiro dragão. Porém, da mesma forma, a Loud ficou com o arauto. O jogo era muito bom e equilibrado, com a equipe da PaiN se saindo melhor em garantir abates, conseguindo uma pequena vantagem.

Um grande exemplo desse equilíbrio foi quando Luci sofreu um pick off, a PNG chegou para tentar responder, e o que vimos foi uma luta onde cada time perdeu 3 jogadores.

Com o dragão da alma da PaiN nascendo, a Loud se viu obrigado a lutar, e nesse momento a PaiN conseguiu lutar muito melhor, garantindo um Ace não oficial, a alma infernal e o barão. Em sequência a Loud até tentou uma armadilha, mas mais uma vez os tradicionais conseguiram o Ace e empataram a série.

PaiN Gaming 3 x 2 LOUD

PNG: Leona – Kai’sa – Twisted Fate – Udyr – Sett
LLL: Rell – Xayah – Azir – Hecarim – Aatrox
MVP da partida: CarioK – Udyr (6/1/9)

LLLPNG5

No jogo decisivo, o first blood veio para Robo em um dive que parecia que daria errado, mas o top laner conseguiu o abate em Tay antes de cair. Pouco tempo depois, os dois caçadores foram novamente ao topo, e dessa vez com participação de Tinowns, mais uma vez os dois top laners morreram. Com 4 minutos de jogo, a partida já tinha 5 kills.

A equipe da PNG gostou da ideia e continuou jogando para o topo, conseguindo mais abates e barricadas, fazendo a torre cair antes dos 9 minutos de jogo. A Loud tentava não deixar o jogo sair da mão, mas até então o máximo que havia conseguido era o primeiro dragão, enquanto a PNG pegava o primeiro arauto.

Porém, quando a equipe da PaiN tentou forçar um dive, a equipe da Loud respondeu muito bem, perdendo 3 jogadores, mas com Tay pegando um triple Kill e a equipe conseguindo um Ace não oficial. Apesar disso, a vantagem dos tradicionais continuava de 4k de ouro. Na base dessas pequenas vitórias e abates, a equipe a LLL ia voltando pra partida. E em um novo over da PaiN, dessa vez para defender sua própria torre, mais uma vez Tay conseguiu um triple kill, mantendo a equipe da LLL bastante viva na partida.

Voltando a tomar o controle da partida, a equipe da PNG finalmente conseguiu uma grande iniciativa, garantiu 3 abates e o barão na sequência. A LLL realizou uma boa defesa e conseguiu não perder inibidores.

A equipe da PaiN partiu para um novo barão no 5×5, e numa luta de tirar o fôlego, com Tinowns conseguindo 3 kills, a PaiN aplicou o Ace e na sequência partiu para a base da trioam conseguindo o primeira virada da fase de mata mata do CBLOL. Virada histórica!

Classificada, a equipe da PaiN enfrenta agora o Flamengo na Semi Final. O CBLOL volta amanhã para a outra partida das Quartas, com KaBuM contra Red Canids.

Total
2
Shares
Previous Article
poltrona homem aranha viloes compressed

Os maiores vilões do Homem-Aranha assumem o Universo Marvel em artes inéditas

Next Article
san diego comic con 4

San Diego Comic-Con 2021 terá edição presencial

Related Posts