keanu reeves cyberpunk 2077

CD Projekt Red força horas extra para terminar Cyberpunk 2077

A empresa já havia prometido não usar este recurso, mas voltou atrás.

A CD Projekt Red solicitou a todos os funcionários envolvidos na produção de Cyberpunk 2077 que trabalhem em regime de horas extras para que o jogo fique pronto a tempo do lançamento.

O estúdio já tinha feito isso anteriormente, como alguns desenvolvedores que trabalharam por lá, durante a produção de The Witcher 3. A prática é chamada de “crunch” na indústria de games.

Os líderes da desenvolvedora tinham prometido reduzir esse tipo de trabalho, porém, a dois meses do lançamento de Cyberpunk 2077, eles comunicaram aos funcionários que necessitariam de horas extras para entregarem o jogo dentro do prazo. Vale lembrar que o lançamento já foi adiado duas vezes.

Um e-mail recebido pelo Bloomberg aponta que Adam Badowski, Head da CD Projekt RED, ordenou a seus funcionários que trabalhassem um dia a mais semanalmente. Dentro da empresa todas as horas extras são pagas, o que, infelizmente, não é o caso de todos os estúdios.

“É a minha responsabilidade receber todas as repercussões desta decisão, sei que isto vai em direção oposta ao que dissemos sobre o crunch”.

Adam também comentou no mesmo e-mail “Também vai na direção oposta do que acreditava pessoalmente há algum tempo – que o crunch nunca deveria ser a resposta. Mas já esgotamos todas as outras opções de navegar a situação.”

Essa prática de crunch sendo aplicada por longos períodos pode trazer consequências pesadas para os funcionários, como: estresse, depressão e problemas familiares. Tanto que cada vez que estúdios recorrem a esse meio, recebem duras críticas da imprensa e comunidade gamer.

Cyberpunk 2077 tem previsão de lançamento para 19 de Novembro.

Total
0
Shares
Previous Article
jovens bruxas

Jovens Bruxas | Nova produção da Blumhouse ganha trailer

Next Article
conan netflix 2

Série de Conan, o Bárbaro está em desenvolvimento na Netflix

Related Posts