cyborg e1557870877164

Contrato impede que Ray Fisher denuncie com mais detalhes Joss Whedon

O astro da Liga da Justiça, Ray Fisher, se abriu sobre suas recentes acusações de Joss Whedon.

O ator que interpretou Cyborg no filme da Liga da Justiça, Ray Fisher, deu mais detalhes sobre a situação atual dele sobre as acusações.

Durante uma live no Instagram, Fisher, respondeu a um seguidor porque ele não deu mais detalhes sobre as acusações de abuso que Joss Whedon supostamente praticou no set da Liga da Justiça, a informação é do site Heroic Hollywood.

“Ainda estou sob contrato de não divulgação. Então, eu tenho que ter muito cuidado com o que digo e como digo. Caso contrário, eu poderia ser processado e cair no esquecimento… Portanto, para as pessoas que procuravam mais detalhes, lamento não poder dar a você no momento. Apenas certifique-se de que todos os seus patos estejam em uma fileira, para que você possa seguir em frente e lidar com a situação de maneira apropriada, para não ficar fora da responsabilidade profissional, legalmente responsável por qualquer coisa que possa ser litigiosa ou o que quer que seja. Isso vai levar algum tempo… E eu poderei seguir em frente no mundo”

Até agora apenas Fisher se manifestou sobre estes abusos supostamente cometidos, um rumor antigo dava conta que a diretora de Mulher-Maravilha, Patty Jenkins, não queria mais que Gal Gadot trabalhasse com a personagem nos filmes que o diretor poderia se envolver no futuro da DC, Joss Whedon também foi muito criticado quando o seu roteiro de Mulher-Maravilha vazou, ao qual foi classificado como e machista.

Afastado do filme por conta do suicídio da sua filha, Zack e sua esposa Deborah Snyder – que também produziu o longa – não chegaram a finalizar totalmente o projeto.  Joss Wheldon, diretor de Vingadores e Vingadores: Era de Ultron, foi chamado pela Warner para refilmar boa parte da produção, mudando assim acontecimentos previstos no roteiro original do filme, assim como refazer cenas importantes da trama. Snyder revelou recentemente que jamais viu a versão que saiu para o cinema, sempre dando a entender que gostaria de exibir ao público a sua visão dos heróis.

Liga da Justiça recebeu críticas mistas da mídia especializada na época de seu lançamento, com destaque positivo às atuações de Gadot (Mulher-Maravilha) e Ezra Miller (Flash), as sequências de ação e os efeitos visuais, enquanto que o enredo, a narrativa, o ritmo, o vilão e o excessivo uso de efeitos especiais foram recebidos de forma negativa. 

Arrecadando mais de US$ 657 milhões mundialmente, sendo assim o décimo quarto longa-metragem de maior bilheteria daquele ano, ficou abaixo das expectativas do estúdio (com perdas estimadas entre US$ 50 e US$ 100 milhões) e é o título de menor receita do então universo estendido da DC Comics no cinema.

Liga da Justiça: Snyder Cut estreia em 2021 na HBO Max.

Total
0
Shares
Previous Article
Capa Cabana do Leitor 1

Coraline

Next Article
81Sq3Qmd6GL

O clássico “O Meu Pé de Laranja Lima” vira HQ pela Editora Melhoramentos

Related Posts