Connect with us

cinema

Crítica 2 – O Escândalo “é um desprazer pro cinema”

Thalita Heiderich

16 de janeiro de 2020

oescandalo3

Dirigido por Jay Roach (o mesmo cara que nos trouxe Austin Powers), O Escândalo conta a história de um grupo de mulheres que se uniu para derrubar um magnata da Fox News e expor casos de reais de assédio sexual no trabalho.

E nada melhor do que colocar um homem pra roterizar (Charles Randolph) e outro homem para dirigir um filme sobre a luta das mulheres contra o machismo e assédio, não é mesmo, galerinha??

— aviso há sarcasmo no parágrafo acima, se ainda não estava claro —

Bombshell é um desprazer pro cinema. Uma história que merecia e precisava muito ser contada, mas que foi completamente mal planejada e mal executada.

Das atrizes, só tenho aplausos, e à maquiagem também. Charlize Theron, Nicole Kidman e Margot Robbie são a razão do brilho desse filme, que recebeu indicações à premiações em categorias menores, mas que passou longe das maiores por razões óbvias. Não é um bom filme.

o escandalo ganha trailer tenso com margot robbie charlize theron e nicole kidman 1566406502119 v2 1577x665

Vou entrar num ponto que pode ser considerado spoiler leve, mas que achei necessário e foi razão de repulsa ao assistir a cena:

A cena do primeiro assédio sofrido pela personagem da Margot Robbie é nojenta, completamente mal filmada e passa a mensagem errada. É trabalho de cinema do primeiro período da faculdade. A câmera caminha pelo corpo da Margot como os olhos do assediador, deslegitimando completamente o que deveria ser o sofrimento e a vergonha da vítima. É um erro grotesco falar de assédio e apagar a vítima com o movimento da câmera.

Não posso falar mais, pois entro em detalhes, mas esse filme com roteiro e câmera nas mãos de mulheres nos contaria a história que as vítimas mereciam ter sido contada.

A câmera é preguiçosa, o roteiro é simples, e as atuações são boas, eu vejo uma deficiência no protagonismo da história, que foca mais em uma pessoa secundária do que na que de fato iniciou o movimento inteiro e, pra mim é imperdoável o olhar masculino nesse filme.

O Escândalo tinha um enredo perfeito pra ser um grande filme e se tornar um grande concorrente a Oscar, pela história comovente em tempos de MeToo e pelo elenco fantástico, mas acaba sendo só mais uma história contada de forma errada, esquecível e desgostosa.

O Escândalo estreia dia 30 de janeiro.

6

6.0/10

Pros

  • história real de mulheres tendo voz
  • ótimas atrizes
  • Maquiagem da Charlize Theron

Cons

  • sexualização desnecessária em filme de assédio
  • Roteiro delicado em mão e direção masculina que claramente não conseguem expressar o sentimento da mulher
  • Roteiro monótono

Carioca viciada em séries, filmes do drama ao terror gore. Rabiscadora de livros, nerd, míope e ouvinte de podcast com a cabeça na janela do ônibus.

PUBLICIDADE
comentários