maxresdefault 1

Crítica – Para Todos os Garotos que Já Amei: PS Ainda Amo Você

A tão aguardada sequência de Para Todos os Garotos que Já Amei finalmente estreou no catálogo da Netflix nesta quarta (12), e o Cabana já viu e conta tudo do filme pra você.

No primeiro filme Lara Jean (Lana Condor) e Peter Kavinsk (Noah Centineo) decidem fingir que estão namorando para fazer ciúmes em outras pessoas, porém eles não contavam que iriam se apaixonar um pelo outro de verdade.

Agora na continuação de sua história os dois vão ter que lidar com os prós e contras de estar em um relacionamento de verdade, e é aí que as inseguranças normais da adolescência começam a aparecer. O filme todo é permeado por essas dúvidas e incertezas.

P.S. ainda amo você

Nos minutos iniciais é claro como os dois são felizes no seu relacionamento. Peter é o namorado “perfeito “, carinhoso, gentil, respeitoso, e Lara faz de tudo para corresponder da mesma forma, mas como é o seu primeiro namoro, a garota começa a se comparar com a ex namorada de Peter, o que não ajuda na relação dos dois.

E as coisas só pioram quando John Ambrose (Jordan Fisher) reaparece na vida de Lara Jean. John foi um dos destinatários das cartas de amor que foram enviadas no primeiro filme. Lara e John se reencontram ao descobrirem ser voluntários no mesmo lar para idosos e ficam cada vez mais próximos ao longo do filme.

No novo longa vemos um grande aprofundamento dos personagens que já conhecemos, como o pai de Lara Jean Dan (John Carbett), que se vê atraído por sua vizinha, ou Kitty (Anna Cathcart), a caçula que amadurece, mas continua querendo bancar o cupido e, além disso, podemos ver mais do passado da família da Lara, incluindo sua mãe.

tatb2 unit 04860r1

Os amigos de Lara Jean ganham mais tempo de tela, como Lucas e Chris, que fortalecem a amizade com Lara. E até mesmo Gen, que no primeiro filme ficamos sabendo ser muito amiga de Lara, e na sequência vemos um pouco dessa amizade e conhecemos mais da história de Gen.

Os novos personagens são cativantes e conseguem rapidamente o carinho do público. Jonh é charmoso, na dele e inteligente, apesar de ser bem diferente de Peter, ele mexe com o coração e a cabeça de Lara. Stoormy (Holland Taylor), que reside no lar de idosos, é uma grande figura materna que ouve e aconselha a protagonista durante toda a história.

O enredo é muito bem construído, acontecimentos plantados no início são colhidos no fim. Nada é jogado sem ter um propósito, o que se deve muito ao roteiro assertivo, sem enrolação. A trilha sonora, assim como no primeiro, é recheadas de referências de filmes e músicas dos anos 80 e 90, e tem função narrativa mudando conforme a situação.

PS. Ainda Amo Você tem o mesmo clima do primeiro longa, mas traz um amadurecimento claro da história e de seus personagens, além de deixar ganchos para o terceiro filme.

Para Todos os Garotos Que Já Amei: PS. Ainda Amo Você, está disponível na Netflix.

Para Todos os Garotos que Já Amei: PS. Ainda Amo Você

9

9.0/10

Pros

  • Amadurecimento dos personagens
  • Trama bem construída
  • Personagens novos cativantes

Cons

  • Pontas soltas
Total
0
Shares
Previous Article
disney3

A Magia do Império Disney | Livro descreve trajetória de Walt Disney

Next Article
sonic 3

Crítica | Sonic: O Filme "Jim Carrey como nos anos 90... Já sabe né?"

Related Posts