Crítica | Sense8 – Episódio Final

Sense8, série original Netflix,  teve seu último episódio liberado dia 8 de Junho. 

Sense8, série original Netflix,  teve seu último episódio liberado dia 8 de Junho.  A série havia sido cancelada após duas temporadas. Entretanto, depois de um grande clamor por parte dos fãs, a plataforma de streaming decidiu voltar atrás e encomendou o episódio extra.

Quando a Netflix lançou Sense8 em 2015, juntamente a todos envolvidos na produção da série, ela sabia o quão corajoso e ambicioso era o seu material. O que talvez ela não suspeitasse é que dois anos depois a série seria cancelada por questões de números. E certamente a sequência desse anúncio, voltaria a surpreendê-los. Quando através de uma movimentação popular, pedidos em redes sociais e assinaturas em petições,  o público pressionou a empresa, e assim, garantiu a confirmação de um episódio extra. Um Final repleto de ação, suspense e amor.

Sense8 Finale – Netflix

Intensa desde o primeiro capítulo lançando, Sense8 nunca foi encarada como uma série fácil. Com episódios longos e que não entregam seu plot facilmente, grande parcela do público geral não se agradou com o formato da série e a abandonaram antes mesmo de entender qual era a proposta total da obra. Porém, um grupo seleto de telespectadores se manteve fiel à Sense8, acompanhando todo enredo, tentando entender qual a razão da misteriosa ligação que Lito (Miguel Ángel Silvestre), Nomi (Jamie Clayton), Kala (Tina Desai), Wolfgang (Max Riemelt), Capheus (Toby Onwumere), Will (Brian J. Smith), Riley (Tuppence Middleton) e Sun (Bae Doona) compartilhavam. E é para esse grupo que o episódio Amor Vincit Omnia (O Amor Vence Tudo) foi feito. E sinceramente, não poderia ter sido mais satisfatório.

Sense8 Finale – Netflix

Acompanhando o cluster principal, a conclusão de Sense8 começa com toda a elaboração do plano para resgatar Wolfgang, que foi capturado pela Organização de Preservação Biológica (OPB) – Um grupo de pesquisas multi-nacional que está caçando sensates para experimentos.

Os sensates possuem uma moeda de troca, o Dr. Milton/Sussurros (Terrence Mann). E a apesar desse trufo, que é ter capturado alguém tão poderoso da OPB, e o fato dele vivo representar uma ameaça a todos os homo sensorium do mundo, o grupo não pestaneja em mantê-lo vivo para poder efetuar uma troca por Wolfgang.

O amor seria a ruína ou uma razão para continuar lutando? Esse, é um grande questionamento que a série proporciona através dessa barganha. A morte de Sussurros desestabilizaria completamente a OPB, todavia também acarretaria na morte de Wolfgang. Seria um sacrifício justificável? É um dilema que não irá acompanhar o cluster, que decidi imediatamente prosseguir com o plano de garantir a vida de Wolfgang como prioridade.

Sense8 Finale – Netflix

A sucessão de eventos a partir dessa breve sinopse é incrivelmente amarrada. O final da série apresenta um ritmo mais acelerado em comparação com os outros episódios da série, porém com a longa duração desse último, o roteiro não chega a se atropelar.

A série conclui todos os ganchos deixados pelo cancelamento, além de continuar desenvolvendo de forma bem dosada os relacionamentos e interações entre os personagens. O episódio possui falas e cenas bem divididas, e seus protagonistas e coadjuvantes brilham juntos, seja em cenas descontraídas ou em cenas que exigem uma grande sequência de ação.

O último episódio ainda consegue introduzir novos cenários e personagens, explorar mais informações do passado e investir numa riqueza de detalhes que não desapontam nenhum pouco quem busca respostas.

Sense8 Finale – Netflix

Escrito por J. Michael Straczynski e Lana Wachowski, a conclusão de Sense8 entrega um grande filme, que poderia sim ser um conteúdo de um temporada inteira, mas que ganhou uma adaptação  respeitável e apreciável de 2 horas e meia. Cuja a competência de todos os envolvidos é observada.

A direção, da própria Lana Wachowski, é de uma beleza sem tamanho, que transmite toda complexidade e beleza desse universo. Pontuando bem desde as cenas mais íntimas dos personagens até as frenéticas lutas bem ensaiadas. Junto disso, as atuações não decepcionam. Todos os atores principais e os coadjuvantes conseguem segurar os seus papéis, refletindo personagens complexos e queridos (sendo alguns odiáveis, é claro).

Sense8 Finale – Netflix

Amor Vincit Omnia não só conclui a série com perfeição, como dá uma lição de que o poder de um grupo unido (seja pela representação dos personagens ligados ou pelo fato da conclusão ser uma conquista dos fãs) transforma tudo. É uma série que une representatividade e talento de uma forma notável. É tudo aquilo que os fãs pediram, e mais um pouco.

Total
0
Shares
Related Posts
Total
0
Share