8 pi

Dia do Quadrinho Nacional | Conheça 5 quadrinhos incríveis

Confira essa lista de indicações de quadrinhos nacionais!

Para celebrarmos este dia tão importante, o Dia do Quadrinho Nacional, nós separamos uma seleção de 5 quadrinhos para representar a alta qualidade que temos no nosso mercado brasileiro.

Com intuito de indicar alguns quadrinistas, esta lista conterá algumas das obras talvez não conhecidas pela grande parte da população. Títulos como os do selo Graphic MSP, com seu vasto repertório em enredos para adolescentes e adultos, roda o mundo com sua alta qualidade tanto gráfica como pela obra em si. Mas que tal conhecer aquele outro quadrinho que também é tão incrível quanto?

Confira a lista abaixo:

Amazônidas – Guardiões das Florestas

amazonidas

O quadrinho, desenvolvido pela editora 137 Studio, conta com artistas como Yonami, Ademar Vieira, Thiago Vale, Emanuel Braga e Marcos Martins. A obra se baseou na mitologia indígena, dando um brilho pessoal ao roteiro e sua arte.

Sinopse: Chora a nação indígena com a morte do sol ao meio-dia, engolido pelo deus amaldiçoado, o poderoso Jurupari. O homem clama em nome da grande floresta e bravos guerreiros declaram sua guerra contra as trevas sobre a luz do sol. E Tupã atendeu às preces de seus filhos, enviando para eles aquele que destruirá a força do maldoso senhor da escuridão – assim começa a jornada de Anhangá.

Para conferir a resenha, basta clicar aqui.

8pi

0001

Uma das obras que levam o nome do autor Danyael Lopes, o quadrinho (Oito pi) conta com uma arte de tirar o fôlego e com uma história parecida com heróis convencionais.

O enredo mostra a trajetória de Magé, uma garota de 16 anos que descende de índios e estuda em uma escola para superdotados, mas que precisou voltar para sua terra natal, após o falecimento do seu avô. Porém, a morte de seu avô não parece ter sido uma mero acontecimento e, para que ela possa sobreviver, a garota parte em uma jornada com o objetivo de despertar os Deuses Tupi-Guarani.

Confira a resenha desta obra clicando aqui.

Sob a luz do Arco-Íris

sob a luz do arco irirs

O quadrinho é uma coletânea de histórias produzidas por autores da comunidade LGBTQI+, onde são abordados situações de preconceito com diversos temas. O título é em preto e branco e conta com artes únicas ao passar de cada conto.

Para conferir a resenha, basta clicar aqui.

A Cor que Caiu do Espaço

A Cor que Caiu do Espaco

A obra é uma adaptação feita pela editora Skript de um dos contos do H.P. Lovecraft. A graphic novel, que conta com o trabalho de Romeu Martins, Val Oliveira e Sandro Zambi, se passa em um local conhecido como a Terra Arrasada, devido a uma drástica história misteriosa que os próprios moradores desejavam esquecer.

O quadrinho é em preto e branco, mas contém a cor magenta quando a estranha Luz entra em contato com algo, o que torna a riqueza de detalhes ainda mais cativante.

Para ler a resenha, basta clicar aqui.

Cordélia

Imagem

O quadrinho independente, da roteirista Tali Grass e artista Ana Mei, foi uma das surpresas do final do ano de 2020.

O enredo conta com como atribuir um novo olhar aos acontecimentos aterrorizantes da vida pode ser um bom caminho. Buscando pela maneira certa de seguir em frente, Cordélia abre seus olhos para a beleza das transformações – ressignificando aquilo que não entende. Porque, na maioria das vezes, a morte é incompreensível.

Já conhecia alguma dessas obras? Comenta com a gente!

Total
2
Shares
Previous Article
Daredevil

King in Black chega a Hell's Kitchen em novo quadrinho

Next Article
CAPITAN MARVEL

Marvels Snapshots | Novo título traz em destaque a heroína Capitã Marvel

Related Posts