Justiceiro

Disney pode proibir uso do símbolo do Justiceiro por forças policiais

Disney pode estar incomodada com o uso do símbolo por forças policiais.

O símbolo do anti-herói da Marvel, O Justiceiro, é usada por forças policiais no mundo inteiro e até mesmo no Brasil, mas por conta do assassinato de um cidadão negro por um policial branco nos Estados Unidos pode ser contornos diferentes ao uso do símbolo do personagem. 

O Justiceiro é talvez um dos heróis mais controversos da Marvel. Ele foi criado como um antagonista do Homem-Aranha para The Amazing Spider-Man # 129 ou O Espetacular Homem Aranha

O personagem é notável por usar força letal e, ao contrário de muitos de seus contemporâneos, carece de superpoderes, confiando em seu treinamento militar e habilidades com armas. Nos últimos meses, no entanto, policiais têm se apropriado do crânio do Justiceiro nos EUA o que já ocorre com frequência no Brasil.

Recentemente George Floyd foi morto enquanto estava sob custódia policial. Isso provocou protestos nos Estados Unidos, com policiais se comportando de uma maneira que muitos consideraram desnecessariamente brutal. 

Muitos policiais nesses protestos foram vistos vestindo o icônico crânio do Justiceiro em seus uniformes, levando os fãs a perguntar por que a Marvel e a Disney não estão fazendo nada sobre isso.

Enquanto conversava com o Gizmodo, a Marvel finalmente respondeu ao uso contínuo do crânio do Justiceiro. Infelizmente, o porta-voz da Marvel Comics não revelou muito, mas disse que a empresa estava “levando a sério” o uso não autorizado do crânio. Atualmente, não se sabe se isso evoluirá para uma ação legal.

Os protestos contra a força policial imposta a população negra tem provocado a ira de milhares de pessoas pelo mundo, com protestos registrados até no Brasil.

Total
0
Shares
Previous Article
Sony

Playstation Brasil anuncia plataforma de influenciadores

Next Article
0001 1

8 pi - Nova HQ com deuses indígenas desbanca heróis convencionais

Related Posts