justice league cyborg promo

Em meio a protestos anti-racismo, Zack Snyder diz que Cyborg é o coração da Liga da Justiça

Ray Fisher conta que diretor lhe deu a maior oportunidade da vida.

Liga da Justiça foi um filme que deixou muito a desejar, principalmente em relação a construção do personagem Cyborg, interpretado pelo ator Ray Fisher. Porém, isso pode mudar com a estreia da versão de Zack Snyder para o filme, que vai estrear na HBO Max em 2021 e as pistas estão sendo dadas.

No Twitter, o ator compartilhou uma informação que ate ninguém sabia: ele revelou que o cineasta – junto com o roteirista Chris Terrio – o haviam convidado para a mesa criativa do projeto antes mesmo do roteiro começar a ser escrito. Fisher também ressaltou o fato deles terem chamado ele como homem negro para falar sobre outras questões que gostariam de abortar na produção.

“Não louvo Chris Terrio e Zack Snyder por simplesmente me colocar na Liga da Justiça. Eu os elogio por me dar (um negro sem créditos de filmes em seu nome) um assento na mesa criativa e uma contribuição sobre o enquadramento dos Stones antes mesmo de haver um roteiro!”

O diretor então veio à público responder o ator. 

“Você Ray, é o coração do meu filme.”

Ray Fisher enfatiza a questão de ser um ator negro que nunca havia feito um filme (para justamente ser o coração de um dos projetos mais ambiciosos daquele ano), em um momento que o mundo questiona o papel das pessoas negras na sociedade e também durante o crescimento dos protestos anti-racismo pelo mundo.

Ainda não está claro qual será a forma de como será exibida o projeto. Para finalizar a visão do diretor, o estúdio entregou cerca de US$20-30 milhões para que pudesse trazer de volta o elenco original e assim gravar novas linhas de diálogo. Além disso, a produção pode chegar tanto em uma versão de longa-metragem ou então no formato de uma minissérie em seis partes.

Afastado do filme por conta do suicídio da sua filha, Zack e sua esposa Deborah Snyder – que também produziu o longa – não chegaram a finalizar totalmente o projeto. Joss Wheldon, diretor de Vingadores e Vingadores: Era de Ultron, foi chamado pela Warner para refilmar boa parte da produção, mudando assim acontecimentos previstos no roteiro original do filme, assim como refazer cenas importantes da trama. Snyder revelou recentemente que jamais viu a versão que saiu para o cinema, sempre dando a entender que gostaria de exibir ao público a sua visão dos heróis.

Liga da Justiça recebeu críticas mistas da mídia especializada na época de seu lançamento, com destaque positivo às atuações de Gal Gadot (Mulher-Maravilha) e Ezra Miller (Flash), as sequências de ação e os efeitos visuais, enquanto que o enredo, a narrativa, o ritmo, o vilão e o excessivo uso de efeitos especiais foram recebidos de forma negativa. Arrecadando mais de US$ 657 milhões mundialmente, sendo assim o décimo quarto longa-metragem de maior bilheteria daquele ano, ficou abaixo das expectativas do estúdio (com perdas estimadas entre US$ 50 e US$ 100 milhões) e é o título de menor receita do então universo estendido da DC Comics no cinema.

Liga da Justiça: Snyder Cut chega em 2021 na HBO Max.

Total
0
Shares
Previous Article
Sakura Card Captors Clear Card Primeiras Impressoes Capa 1

Lista completa com próximos lançamentos da JBC

Next Article
Final do CBLOL 2019

CBLoL quebra record de espectadores simultâneos

Related Posts
Total
0
Share