tutz

Entrevistamos Tutsz, mid da campeã do primeiro split do CBLoL 2020

Entrevista conduzida e realizada por Letícia Carvalho.

No último sábado aconteceu a final do primeiro split do CBLoL 2020 e a KaBuM e-Sports foi a grande campeã.

Conversamos com o jogador Arthur “TUTSZ” Machado um pouquinho sobre como foi a trajetória dele e do time num geral, nos altos e baixos da KaBuM que vieram de um começo ruim para a vitória do campeonato.

Cabana do Leitor: Como foi jogar em um ambiente fechado? Você acha que isso colaborou com o desempenho da equipe ou tornou as coisas mais difíceis?

Acredito que sim, jogar em um ambiente fechado ajuda a gente bastante. Acho que talvez se não fosse assim o resultado poderia ser diferente porque é um certo conforto jogar de casa, então sem essas pausas e sem o online não seria a mesma coisa.

Cabana do Leitor: Você diria que vocês da KaBuM no geral trouxeram alguma lição ou algum ensinamento diferente por causa desse momento de campeonato em casa? E você acha que tem algo que você gostaria de expor dessa diferença que você gostaria que se tornasse um padrão no CBLoL?

O senso de união que tivemos para a final do campeonato. Vou levar isso pra minha vida, porque pode estar tudo difícil com o time mas a gente vai sempre conseguir dar a volta por cima, nunca desistir.

Cabana do Leitor: E resumindo em uma palavra, qual foi o maior desafio durante todo esse percurso de derrotas, vitórias e da volta por cima?

Mental, no sentido de manter nossa cabeça no lugar e saber que ainda não acabou.

Cabana do Leitor: Como vocês fizeram acontecer a comunicação dentro do jogo, tendo jogadores estrangeiros? Dificultou um pouco na questão de execução de jogadas súbitas ou foi tranquilo, vocês já tinham isso bem planejado?

Acho que no começo nos tivemos um pouco de dificuldade mas não por eles serem coreanos, acho que nossa comunicação no geral estava fraca e boa parcela dessa culpa é minha, eu era um jogador muito novato e não tinha tanta experiência em como falar ou o que falar, então eu pelo menos tive uma boa evolução nesse aspecto e acho que conforme a gente foi ganhando jogos, os coreanos foram se soltando também e conversando mais, ou até nos treinos e nos reviews. Então no geral a evolução como um time foi ideal para nossa comunicação. E sempre foi tudo em inglês, as vezes os coreanos falavam entre eles em coreano e as vezes a gente falava entre nós em português, mas a gente evita muito.

Cabana do Leitor: Você se imaginava conseguindo alcançar a final do CBLoL, dado o ínicio meio conturbado da KaBuM? Como você se sente agora com essa vitória no colo pra você e sua equipe?

No começo eu não esperava, na verdade, antes do começo do split eu esperava sim, acho que a gente tava indo muito bem nos treinos e estávamos muito confiantes e em tese eramos um time muito bom. Mas quando começou a acontecer problemas que não ocorriam nos treinos e erros bobos, não mais. E eu to muito orgulhoso de todo mundo aqui, dessa volta por cima, mas a resposta é não, eu não esperava estar na final depois de perder os quatro primeiros jogos.

Cabana do Leitor: Como funciona a cobrança em cima de vocês pela KaBuM? Vocês chegaram a comentar na entrevista coletiva que eles conseguem medir a pressão em vocês, mas eles pedem coisas específicas ou focam mais em treino?

Não acredito que eles peçam algo especifico, acredito que seja mais a pressão que só ta no ar e você sabe que tem uma organização muito grande atrás de você e que você não joga só por si mesmo e sim por milhares de fãs e da organização em si, e eles sempre nos apoiaram quando a gente precisou deles, acho que é uma troca e no fim deu tudo certo.

Cabana do Leitor: E você se orgulha do desempenho de vocês no geral, apesar dos solavancos do início do split até agora?

Eu já sabia que a KaBuM era capaz de voltar pro jogo, porém quando a gente começou no CBLoL eu me senti um pouco desconfortável em ser muito agressivo as vezes ou em geral, não era tão confiante. Mas com o passar do tempo, conforme a gente foi se soltando e depois das 6 vitórias eu me senti muito melhor e muito mais confiante pra fazer qualquer jogada e confiante no meu time também.

Cabana do Leitor: E quais os planos a partir de agora, para nova etapa? Vocês vão dar um descanso ou vão continuar treinando violentamente, tem planos de mudar táticas de jogo?

Primeiro a gente tem que ver como vai ficar a lineup mesmo né, não sabemos quem vai continuar ou sair, tem toda uma questão contratual envolvida, e nesse meio tempo nós vamos dar uma pausa, acho que foi um split muito longo por causa dessas “pausas” que aconteceram então a gente precisa desse descanso, mas assim que tiver data pro segundo split, a gente já deve voltar treinando com tudo e não deixar acontecer o que aconteceu nesse split.

Cabana do Leitor: Você pretende ficar na KaBuM, por escolha sua, você gosta do time?

Com certeza, foi uma organização que me abraçou muito. Me deu oportunidade com 17 anos que é uma coisa muito rara, ainda mais pro CBLoL, então é uma org que eu já tenho muito orgulho e muito carinho.

Tutsz foi MVP na primeira partida com seu Azir na final e teve um ótimo desempenho nos jogos.

Quer saber como foi a final intensa entre a KaBuM e o Flamengo? Eu Da uma olhada aqui no Cabana!

Total
0
Shares
Previous Article
cosmos

Cosmos: Mundos Possíveis ganha data de estreia no Brasil

Next Article
5eb9e54eabae6

Jogador Aloned anuncia no twitter que está free agent.

Related Posts