especial de natal porta dos fundos a primeira tentac3a7c3a3o de cristo

Fundamentalistas Religiosos pedem R$ 1 mil para cada ofendido com Especial de Natal

Estamos ofendidos também!

Ontem, dia 19, lideranças evangélicas entraram na justiça em face da Netflix pedindo censura ao Especial de natal promovido pelo serviço, e produzido pelo grupo Porta dos Fundos.

Intitulado como A Primeira Tentação de Cristo, foi duramente criticada por lideranças religiosas mas principalmente por evangélicos. O especial é protagonizado por Gregório Duvivier e Fábio Porchat.

O Conselho Nacional dos Conselhos de Pastores do Brasil, o bispo Robson Rodovalho, ex-deputado federal e fundador da comunidade evangélica Sara Nossa Terra e o presidente da assembleia municipal de São Paulo Eduardo Tuma, pedem indenização por dano moral coletivo no valor de R$ 1 milhão, bem como indenizações individuais em valor “não inferior a R$ 1 mil” a todos os cristãos que se sentirem ofendidos de alguma forma.

Segundo eles, o objetivo e incentivar que cristãos possam ingressar com ações similares em vários lugares. O que poderia gerar uma intimidação da Netflix para conteúdos similares no futuro.

A Netflix disse que não vai se manifestar.

Total
0
Shares
Previous Article
the witcher henry cavill

Fãs ficam chateados pela falta de nudez de Henry Cavill em “The Witcher”

Next Article
images 1 2

Mônica Toy ganha episódio especial com temática de Star Wars

Related Posts