Killer Clown Darkside 1

Killer Clown Profile remonta o caso do palhaço assassino Pogo

Lançamento da Darkside traz detalhes sobre o caso do assassino em série que matou mais de trinta pessoas.

Não se chega a um consenso sobre a origem dos palhaços, mas muitos dizem que a imagem conhecida até hoje foi criada no século XIX por Joseph Grimaldi, o Palhaço Joey. O que não deixa dúvidas é que, quando se trata desses personagens, eles arrancam sorriso de uns e lágrimas de outros. A coulrofobia existe e o que não falta são palhaços macabros que a motivam, sejam fictícios ou reais.

killer clown destaque

A partir dos anos 80, a industria cinematográfica começa a trazer a figura circense como palhaços assassinos e ela foi tão bem acolhida pelo público que originou uma lista de filmes imensa! Mas… de onde sai tanta inspiração?

A maioria desses filmes são baseados em fatos reais e o caso de John Wayne Gacy é uma ótima referência para qualquer história desse gênero. Longe de ser uma criatura fantasiosa como o Pennywise do filme It – A Coisa, Gacy foi um homem que satisfazia seus prazeres obscenos com jovens meninos de Chicago. Logo depois de seus atos bizarros, ele os matava estrangulado-os com um fio de náilon.

01 john wayne gacy jr aka killer clown

A editora DarkSide Books resolveu trazer essa chocante história em forma de livro através da coleção Crime Scene, cujo o lançamento está marcado para o dia 20 de setembro, mas já se encontra em pré-venda.

Killer Clown Profile: Retrato de um Assassino é um livro de não ficção que constrói um estudo de caso sobre um serial killer que dificilmente seria reconhecido como um. John Gacy mantinha uma imagem impecável de empreiteiro que fazia trabalhos voluntários para crianças ao se vestir de palhaço. Mas Pogo, seu alter ego, em vez de ser um divertimento infantil, assassinou mais de trinta pessoas.

Seu plano desmoronou quando um vizinho telefonou para a polícia e denunciou o mau cheiro vindo de seu terreno. Na primeira vez que os policiais o visitaram, em 1978, o macabro palhaço conseguiu despistá-los, fazendo as autoridades americanas saírem da cena do crime convencidos de que não havia nada lá. Após o desaparecimento de Robert Piest, um menino de 15 anos, morador do bairro – que tinha avisado sua mãe que se encontraria com o bom homem em busca de um emprego de verão – a polícia apareceu novamente na casa de Gacy e, dessa vez, ele não teve para onde correr.

À medida que vasculhavam a casa, os investigadores conseguiam mais provas de suas atrocidades, dentre elas imagens de pedofilia em seu escritório particular, um vibrador incrustado com material fecal e acessórios de meninos desaparecidos. Em sua sala havia um acesso para um local embaixo da casa onde ele cobria os corpos de suas vítimas com lama. Ao drenar o espaço, a polícia descobriu nacos de carne humana e ossos, alguns já apodrecidos. Devido a essas provas irrefutáveis, Gacy recebeu a pena de morte e em 10 de maio de 1994 foi executado por injeção letal.

Os responsáveis por remontar este caso na forma de livro são Terry Sullivan e Peter T. Maiken. O primeiro foi o promotor responsável pela investigação e prisão de John Wayne Gacy, além de participar de outros casos famosos, como de O.J. Simpson, William Balfour, Drew Peterson e Saddam Hussein. Já o segundo é um jornalista do Chicago Tribune.

Conheça os detalhes sobre essa história de um dos piores e dos mais sádicos assassinos de todos os tempos pelas mãos de quem acompanhou o caso de perto.

Killer Clown Profile: retrato de um assassino está em pré-venda no site da Darkside.

Total
0
Shares
Previous Article
Ad Astra

Ad Astra: Rumo as Estrelas - Longa ganha novo trailer eletrizante

Next Article
Shenmune 3

Modo Campanha de Shenmue 3 terá cerca de 40 horas

Related Posts