Ligabrasileiradiversidade

Liga Brasileira da Diversidade começa disputas no dia 17

Campeonato que começa amanhã tem como objetivo trazer jogadores que fujam do estereótipo padrão Gamer.

Amanhã (17) terá início a Superliga Brasileira da Diversidade. Para quem nunca tinha ouvido falar, o campeonato tem como objetivo reunir times compostos por membros que fujam do estereótipo padrão dos gamers, entre eles negros, mulheres, surdos, cadeirantes e a comunidade LGBT+.

Não é novidade para ninguém, ao olhar as equipes competitivas do cenário brasileiro de League of Legends, que nossos jogadores majoritariamente são meninos, brancos e heterossexuais, salvo poucas exceções. Dessa forma, a ideia desse tipo de competição é trazer para evidência outras pessoas que representem grupos diferentes da nossa sociedade.

A competição ocorrerá em duas fases (Grupo e eliminatórias) e será transmitida pelos canais da Player1, organização que apoia a iniciativa, e contará com a presença de 16 equipes, divididas em 4 grupos:

Unikorns Red, Gamer Squad Guardians, Stormtiger Team, Unikorns Black, Team Innova, Match Found, KNO Gaming, Tchalla Esports, Anhembi Esports, Kanin, Furnace Esports, Gamer Squad Supernova, Probono, Quase Nada, ATS Esports e Unicamp Mermaids.

Confira o calendário:

  • Fase de Grupos: 17 de Novembro – 4 de Dezembro
  • Quartas de finais: 8 de Dezembro
  • Semifinais: 12 de Dezembro e 13 de Dezembro
  • Grande Final:19 de Dezembro

A organização do campeonato foi feita em conjunto pela Liga dos Surdos, Sakuras, Streamholics, Furnace Esports, Wakanda Streamers e Projeto Fierce.

Dos dias 17 de Novembro ao dia 19 de Dezembro teremos a realização da Superliga da Diversidade.

Total
0
Shares
Previous Article
first strike valorant

First Strike | Veja quem são os classificados para a final

Next Article
first strike valorant

Valorant | Equipe é desclassificada de First Strike Europa por uso de Bug

Related Posts