bathesda xbox

Microsoft compra ZeniMax, empresa dona da Bethesda e outras companias

Com a compra, possivelmente diversos títulos de sucesso passarão a ser exclusivos da Microsoft

Nessa manhã de segunda feira (21) o perfil oficial da Xbox anunciou uma noticia surpreendente para todos: A compra da ZeniMax Media. A transação teria ocorrido por um valor em torno de 7,5 bilhoes de dólares

Para muitos, isso pode não significar muita coisa, mas a questão é que a ZeniMax é um sociedade gestora de diversas empresas, sendo essas: Bethesda Softworks, ZeniMax Online Studios, Id Software, Arkane Studio, Tango Gameworks e MachineGames. Em outras palavras, a Microsoft se torna dona de todos os jogos produzidos por esses grupos, assim como algumas ferramentas, como a Creation Engine, engine desenvolvida pela Bethesda para criar mundos abertos gigantesco em seus jogos.

Dessa forma, diversas séries de muito sucesso passam a ser exclusivas da Microsoft. Com o lançamento de seus dois novos consoles, Xbox Series X e Xbox Series S, marcados para dia 10 de Novembro, começaram a surgir boatos de que os consoles voltariam a ter jogos exclusivos apenas deles.

Em outras palavras, apesar de pouco provável, existe a possibilidade de que séries de grande sucesso, como Fallout, Wolfstein, Doom e The Elder Scrolls, tornem-se exclusivos do novo console.

Além das já citadas, vale dizer que séries como DisHonores, Starfield, The evil Within e Prey também se tornarão propriedades da MS. Assim como os jogos Deathloop e GhostWire: Tokyo que estavam sendo desenvolvidos para serem exclusivos de Playstation 5, provavelmente sairão para as plataformas da Microsoft também.

Vale citar que muito provavelmente essa estratégia está sendo adotada pela Microsoft para poder aumentar o catalogo do seu GamePass, sendo atualmente o principal serviço de assinatura oferecido pela empresa.

Agora resta esperar para ver em quais plataformas esses jogos estarão disponíveis, mas sem dúvidas Microsoft conseguiu chamar muita atenção e garantir uma nova força importante para a já conhecida disputa com a Sony.

Com a compra, diversos estúdios e séries de sucesso fazem parte agora do catálogo da Microsoft.

Total
0
Shares
Previous Article
EnolaHolmes Enola Vertical Main RGB EN US 1

Crítica | Enola Holmes “traz um discurso superficial em uma jornada despretensiosa”

Next Article
sword art online progressive 2 min

Anunciado anime de Sword Art Online Progressive

Related Posts