Connect with us

cinema

Ray Fisher diz que exclusão de personagens negros da Liga da Justiça foi proposital

Ray Fisher acusa abertamente Geoff Johns, Jon Berg e o atual presidente do Warner Bros. Pictures Group, Toby Emmerich de racismo.

Avatar

Published

on

Ray Fisher, ator que interpretou o Cyborg no filme Liga da Justiça conversou com a Forbes em uma entrevista na sua versão digital.

O ator deixou claro o que muita gente já suspeitava, na pós produção, atores negros foram excluídos do corte final de Joss Whedon.

“A retirada de pessoas negras da versão de cinema da Liga da Justiça de 2017, não foi um acidente nem uma coincidência”, disse Ray Fisher com calma, mas com firmeza. 

O ator também disse que conversas abertamente racistas foram mantidas no set de gravação do filme protagonizadas por grandes executivos da Warner Bros.

“Antes do processo de refilmagem da Liga da Justiça, conversas flagrantemente racistas foram mantidas e entretidas – em várias ocasiões – por ex e atuais executivos de alto nível da Warner Bros. Pictures”, afirmou Fisher“Os tomadores de decisão que participaram dessas conversas racistas foram Geoff Johns, Jon Berg e o atual presidente do Warner Bros. Pictures Group, Toby Emmerich.”

“Percebi que as anotações que acabei recebendo de Johns durante as refilmagens eram apenas uma versão codificada das coisas racistas que ele dizia a portas fechadas com os outros executivos.. Muito do que esses caras estavam fazendo era um esforço para evitar serem despedidos durante a fusão da AT&T com a Time Warner. Pretendo ser muito mais específico sobre cada um desses caras depois que a investigação terminar – esta entrevista é apenas uma versão resumida”, esclareceu.

O ator também explicou quando que decidiu expor todos os problemas e situações da Liga da Justiça:

“O que deixou minha alma em chamas e me forçou a falar sobre Joss Whedon foi o fato de eu ter sido informado de que Joss ordenou que a aparência de um ator negro fosse mudada na pós-produção porque ele não gostava daquele tom de pele… Cara, com tudo que 2020 foi, esse foi o ponto de inflexão para mim.” O ator também deixou claro que o RH da Warner Bros. sabe de tudo isso.

Além de Fisher, vários atores negros tiveram seus papéis completamente removidos ou fortemente reduzidos na Liga da Justiça

O papel de Ryan Choi, interpretado por Zheng Kai, foi cortado. Joe Morton, que interpretou o pai de Cyborg, Silas, teve seu papel principalmente cortado e refirmado. Embora Zack Snyder incluísse um elenco diversificado de personagens, muitos deles tiveram seus papéis significativamente alterados ou desapareceram completamente do filme antes de chegar aos cinemas. Karen Bryson, que interpretou a mãe de Cyborg, Ellinore, também teve seu papel cortado. Além disso, Kiersey Clemons, que interpretou Iris West, foi removida do filme. Todos eles aparecerão na Liga da Justiça de Zack Snyder.

Zack Snyder’s Justice League estreia em 2021 na HBO Max.

Advertisement
Comments

Parceiros Editorias

Mais lidas