cyborg liga da justiça 2

Ray Fisher nega saída de The Flash (e da DC)

Intérprete do herói Ciborgue nos cinemas critica artigo publicado esta semana.

Contrariando as últimas informações que saíram, Ray Fisher veio a público dizer que seu desligamento do filme The Flash (e consequentemente do DCEU) não foi sacramentada.

Nas palavras do ator, que interpreta o herói Ciborgue no filme Liga da Justiça, o artigo publicado pelo The Wrap esta semana estaria “se dobrando às vontades da Warner Pictures e de Walter Hamada”, presidente da DC Films.

Na mesma leva de tweets (confira abaixo), Fisher revelou que segue em contato com a WarnerMedia sobre as investigações internas que apuram o caso e afirmou que a empresa pretende cortar laços com Geoff Johns, prestigiado quadrinista da DC Comics e produtor-executivo dos filmes baseados nos personagens da editora, um dos principais alvos das acusações do artista.

Sugiro veemente que o TheWrap corrija imediatamente esse artigo. Embora eu entenda o desejo imortal do repórter de se dobrar às vontades da Warner Pictures e de Walter Hamada, a matéria está incorreta. Eu não anunciei [que deixaria The Flashpublicamente. Se a Warner Pictures decidiu me retirar de The Flash ao invés de se manifestar de qualquer maneira sobre a interferência de Walter Hamada nas investigações de [Liga da Justiça], a culpa é deles. A ideia de eliminar o papel ao invés de buscar outro ator é uma tentativa de evitar repercussão negativa.”

“A equipe de relações públicas da Warner Pictures tem encontrado dificuldades em retomar controle da narrativa desde que tentaram em vão enterrar a mim e à investigação de [Liga da Justiça] com seu artigo difamatório de 4 de setembro – que, sem nenhuma surpresa, foi escrito pelo mesmo repórter. (Mais sobre a Warner Bros. e Johanna Fuentes [vice-presidente global de comunicações da Warner Bros.] em breve). O fato é: a investigação de Liga da Justiça levou a WarnerMedia (e suas afiliadas) a cortarem relações com Joss Whedon. Geoff Johns será o próximo. Se fosse por Hamada, nada disso seria possível e o ciclo de abusos continuaria”

Minha equipe e eu seguimos conversando seriamente com a WarnerMedia sobre todos esses assuntos e – com Flash ou sem Flash – pretendemos levar isso até o fim. Manterei vocês atualizados, mas, por enquanto, obrigado por seu apoio ininterrupto.

Até o momento, os nomes citados por Ray Fisher não comentaram sobre as novas declarações do ator. Enquanto isso, a versão de Zack Snyder para Liga da Justiça segue em produção e deve chegar no primeiro semestre de 2021 no HBO Max.

The Flash não tem data de lançamento previsto.

Total
1
Shares
Previous Article
ano zero

Editora Skript anuncia pré-vendas de quadrinhos internacionais

Next Article
Marvel Comics Ultraman Header

Ultraman enfrenta seu maior desafio em novo título nos quadrinhos

Related Posts