Regina King dirigirá adaptação para o cinema de Bitter Root

Ainda não há previsão de lançamento.

Nesta terça-feira (11), Regina King fechou um contrato com a Legendary Pictures para dirigir e produzir a  adaptação da aclamada série da Image Comics, Bitter Root, criada por David F. Walker & Sanford Greene Chuck Brown (via Deadline).

Regina King estreou recentemente na direção no filme One Night In Miami, produção da Amazon Studios, que foi indicada para diversos prêmios, inclusive ao Oscar em três categorias. A cineasta também é atriz e vencedora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 2019 por Barry Jenkins, Se Beale Street Can Talk, e foi quatro vezes vencedora do Emmy.

Ela é representada por ICM Partners, John Carrabino, e Gang, Tire, Brown & Passman, Inc. Sabemos que King é uma excelente profissional e sua participação na adaptação deixa o público esperançoso.

A história conta da Renascença de Harlem em 1924, quando uma família de caçadores de monstros enfrentam uma criatura maléfica que ataca a cidade de Nova York. Assim, durante algumas gerações os Sangeryes tem o objetivo de procurar e curar os infectados dessa força sobrenatural que se alimenta do preconceito da época, que acaba transformando humanos em monstros. Sangeryes se veem em um cenário do qual a maioria de sua família está morta, assim os sobreviventes entram em um desacordo entre salvar ou matar as criaturas, tendo em mente que devem seguir e não deixar que feridas do passado os atrapalhem para conseguir impedir uma invasão.

Uma série aclamada, que recebeu indicações para o Prêmio Eisner de 2019 de Melhor Nova Série e um prêmio Ringo de 2019 para a Melhor Série.

Regina King também produzirá com Reina King por meio de seu banner Royal Ties, junto de Ryan Coogler, Zinzi Coogler e Sev Ohanian da Proximity Media. Walker, Greene, Brown e Sean Owolo da Drapetomedia serão os produtores executivos, já Bryan Edward Hill está reescrevendo o rascunho.

Ainda não há mais informações sobre a adaptação.

Total
0
Shares
Related Posts
Total
0
Share