lady killer

Resenha | Lady Killer

Um sonho americano com muito sangue, humor e ousadia.

Quem é fã de um bom thriller americano vai gostar muito desse grande clássico da Darkside. O Graphic Novel intitulado como Lady Killer, já tem atualmente 2 volumes e um livro.

Escrito por Joëlle Jones (Catwoman) e Jamie S. Rich (Madame Frankenstein), a obra foi publicada em 2019 e tem capa dura, com uma arte maravilhosa na capa e com cores altamente convidativas. A diagramação é impecável e as páginas são feitas em couché fosco. As adaptações para o Brasil de algumas expressões e referências ficaram fiéis e muito divertidas. 

A história do quadrinho gira em torno de Josie Schuller, uma nada típica mulher dos anos 1960. Apesar de esposa dedicada e mãe amorosa, Josie tem um trabalho inusitado, ela é assassina de aluguel. Multitarefa como só nós mulheres conseguimos ser, Josie dá conta de equilibrar perfeitamente a sua vida profissional e secreta com ser a esposa modelo dos anos 60.

A partir desse ponto a matéria contém spoilers

Josie mora com seu marido, filhas e sua sogra, que não é lá sua grande fã, a velhinha sempre reclama das escapadas de Josie e tem certeza de que ela está traindo seu filho. 

Nossa protagonista trabalha para uma agência de assassinos, e por vezes questionada se sua vida pessoal não a está impedindo de fazer um trabalho mais eficaz. 

Um dia, ela recebe a chamada de seu chefe ao escritório, convidando-a fazer um trabalho que implica com sua moral, assassinar uma criança. Josie aceita de prontidão, mas sabe que se trata de uma armadilha. Ela não assassina a criança e é perseguida por seu colega de trabalho e supervisor que tem ordens explícitas para aposentá-la de vez da agência. 

DarkSide Books lançará a primeira graphic novel da elogiada série Lady  Killer
Divulgação Darkside Books

Após uma grande briga, ela consegue fugir no carro de seu, agora, inimigo e procura aliados para acabar de vez com os problemas com o chefe. Contando com a ajuda da também agente Ruby e do velho Irving ela segue para a missão de vingar todo o abuso cometido por seu chefe e seu ex parceiro. 

Contando com uma ilustração vintage impecável, muito sangue e violência, Lady Killer tem um desenrolar que prende o leitor, e um final que o deixa ansioso para ler o próximo volume, e torcer para que a Darkside dê continuidade a história de Josie. 

No final temos diversas capas, ilustradas por Jones e Rich, com adaptações cômicas e sádicas em inglês de propagandas famosas dos anos 50 e 60. 

Ficou curioso? Você pode adquirir essa Graphic Novel aqui.

Total
0
Shares
Previous Article
jujutsu min

Novo vídeo promocional de Jujutsu Kaisen é revelado

Next Article
Nomadland Movie Poster

Nomadland | Filme de Chloé Zhao vence o Festival de Toronto

Related Posts