Design sem nome 5

Resenha | Recursão

Livro propõe uma ivestigação sobre as memórias e como elas moldam a realidade.

Recursão foi publicado em 10 de janeiro de 2020 pela editora Intrínseca, escrito pelo autor do best-seller Matéria Escura. Blake Crouch é escritor de ficções cientificas investigativas e suspenses. Sua trilogia de maior sucesso foi Wayward Pines que foi adaptada para uma série de TV com o mesmo nome em 2015. Outro trabalho que virou série foi Good Behavior, que estreou na TV em 2016.

“O tempo não passa de memórias sendo escritas”

IMG 8641 1024x1024 1

A história mostra um fato incontestável: As memórias constroem nossa realidade. O investigador Barry Sutton descobre esse fato ao investigar um fenômeno chamado de Síndrome da Falsa Memória, uma doença misteriosa que enlouquece a mente humana ao plantar memórias de vidas que as vítimas nunca viveram. Na busca pela verdade, o investigador se depara com um oponente mais assustador que a própria doença, uma força tão poderosa que pode mudar a própria realidade do todo. Sua única chance de impedir o caos que se forma está nas mãos da neurocientista Helena Smith, uma mulher assolada pela maldição de sua invenção, a criadora de uma tecnologia que deveria salvar vidas, mas que acabou esfacelando a realidade. Barry e Helena terão de trabalhar juntos se quiserem sobreviver e salvar a todos da ruína.

“Os lugares que deixam mais saudade são aqueles em que nunca estivemos”

Recursão é uma ficção científica excepcional, com mistérios e um suspense bem empregado, misturada com ação pontual e reviravoltas que marcam as páginas de forma gradual até um desfecho fenomenal. A escrita é bem dinâmica e as páginas passam rápido, deixando a história imersiva e marcante, equilibrando bem os detalhes, pensamentos, teorias e a ação que os personagens empregam no ambiente e às vezes em suas próprias mentes.

Os personagens são bastante bem feitos de forma a torná-los realmente humanos, com traumas e histórias próprias que os aproximam bastante do leitor, fazendo-o se interessar muito mais com a história e se importar cada vez mais com o destino dos personagens. Destino esse que vai se mostrando a cada ação e a cada pensamento dos personagens, sejam eles principais ou secundários nesta trama arrebatadora.

“O tempo é o que impede que tudo aconteça de uma vez”

Falando em história, ela é uma junção de investigação com ficção cientifica, girando em torno da psique humana e em como enxergamos nossa própria realidade. Criando uma teoria de que só percebemos o tempo por que temos memórias do que vivemos, vendo ele passar linearmente, como uma reta, a obra nos faz indagar se o tempo não é uma ilusão imposta por nossa mente como uma falha evolutiva para nos privar de ver os fios que tecem a realidade verdadeira. Pois, se nossas memórias regem o que é tempo, então o presente não existe, por que só conseguimos registrar o que vemos e sentimos segundos depois do que aconteceu, de forma que o agora não é de fato o agora, e vivemos em um eterno passado, imaginando o futuro das coisas.

“Aquele que controla o passado controla o futuro.

Aquele que controla o presente controla o passado”

Pensando nessa teoria, o livro propõe que nossas memórias são um jeito de voltar no tempo, pois quando lembramos de algo, de fato estamos retornando ao passado, mas e se conseguíssemos burlar essa limitação do cérebro que nos faz apenas lembrar artificialmente de algo e conseguíssemos fazê-lo nos transportar realmente para a memória que queremos? Bom, é justamente isso que a história se propõe a contar, a quebra da limitação, uma viagem no tempo pelas memórias e uma evolução imensa em como vemos a realidade e em como nossa pisque entende as coisas.

“Quando uma pessoa morre, ela apenas parece estar morta. Mas continua bem viva no passado (…) Todos os momentos — passado, presente, futuro — Sempre existiram, sempre vão existir (…) É apenas ilusória a impressão que temos aqui na Terra de que um momento se segue do outro, como se fossem contas em um cordão, e, uma vez acabado o momento, está para sempre acabado”

Com a caminhada dos personagens, sentimos que nós também caminhamos rumo a um entendimento melhor do tempo e de nós mesmos, fazendo-nos criar memórias junto com eles, e nos transportando a nossas próprias memórias criadas. À cada página uma crítica de como vemos o mundo e o quanto podemos evoluir ainda. O tempo é um círculo e este livro é um ponto no círculo, existindo no passado e no futuro da nossa realidade, basta apenas lembrar.

Recursão é uma obra-prima de ficção-cientifica cumprindo o que propõe desde o início.

Total
0
Shares
Previous Article
img 1260

Ezra Miller enforca mulher na Islândia

Next Article
resgate chris hemsworth netflix CDL 1280x720 02

Resgate, filme com Chris Hemsworth, ganha trailer

Related Posts