senhor dos aneis

Senhor dos Anéis gravado na União Soviética ressurge no YouTube 30 anos depois

O filme de 1991 adapta a história do primeiro livro de J.R.R. Tolkien.

Como o mundo não para de surpreender, eis que a internet descobriu mais uma faceta curiosa sobre o tempo onde o povo era governado pelos bolcheviques. Um canal de YouTube russo, o “Пятый канал Россия” (traduzido, Canal 5 Rússia), passou a publicar a produção feita nos tempos de União Soviética pela televisão estatal de nada mais nada menos do que “O Senhor dos Anéis”.

A obra do britânico J. R. R. Tolkien foi muito bem recebida em seu lançamento na década de 1950, mas foi somente na década de 1980, após seu falecimento, que os seus livros se tornaram extremamente populares. A adaptação ao cinema só veio no começo do século XXI, quando Peter Jackson fez o que todos nós já sabemos.

O curioso é que enquanto no ocidente foi necessária uma espera de quase 50 anos para que fizessem uma adaptação para as telonas, a União Soviética aproveitou o boom de popularidade do livro e não perdeu tempo – fez sua própria versão em 1991, no fim do regime ditatorial soviético. Na adaptação soviética, Viktor Kostetsky é quem interpreta Gandalf, Georgy Shtil fica com o papel de Bilbo e Valery Dyachenko faz Frodo. 

O vídeo não tem tradução para inglês, muito menos para o português, mas é interessante dá uma conferida no primeiro episódio para sentir o visual. Para aqueles que leram e são fãs da obra, não precisarão de uma legenda porque a história é contada de forma bem parecida ao livro – inclusive, até mostra coisas do livro que Peter Jackson optou por deixar de fora.

Mas, como era de se esperar da televisão estatal soviética, a produção não é lá tão atrativa visualmente. O figurino dos personagens é bem fantasioso, a fotografia e os efeitos especiais do programa são bem parecidos com a do popular e consagrado Chaves, clássico mexicano que conquistou o coração dos brasileiros por sua exibição no SBT.

Se for conferir, não espere a poesia de Tolkien traduzida na telinha. Apesar de tudo, é divertido assistir uma tentativa real para adaptar uma obra épica com recursos rudimentares e orçamento extremamente escasso. Uma última dica… não traduza os comentários russos no Google tradutor ou sua mente jamais será a mesma – depois não diga que eu não avisei.

O filme, dirigido por Natalya Serebryakova, está dividido em duas partes. Confira abaixo!

E aí? Qual sua versão favorita?

Total
5
Shares
Previous Article
Loki Disney Plus Marvel Serie CDL 1280x720 01

Loki, nova série da Marvel, ganha trailer inédito

Next Article
rainbow six quarantine

Rainbow Six Quarantine tem vídeo gameplay vazado

Related Posts
oxigenio
Leia

Crítica | Oxigênio

A ficção científica francesa impressiona ao se expandir tanto no macro quanto no micro.
Total
5
Share