Documentos revelam que Sony cobra pelo Crossplay

Política de Crossplay da Sony se mostra bastante polêmica.

Todo mundo já sabe que a Sony é resistente a adicionar Crossplay, isto é, multiplayer entre consoles de diferentes empresas, em suas plataformas, e que mais de uma vez produtoras demonstraram não colocar o recurso em seus jogos por causa da Sony, mas aparentemente a situação vai além, com as desenvolvedoras de jogos precisando pagar para ela para ter o recurso presente nos Playstations.

Essa política da empresa veio a tona com a divulgação de documentos confidenciais, de acordo com a The Verge, das negociações da Epic Games com a Sony em relação a presença do Cross Plataform em Fortnite no console. Em 2018, Joe Kreiner, da equipe de negócios da Epic, teria apresentado uma carta proposta para a Sony sobre a adição do cross play no Playstation 4, na carta podemos ler:

Nós amamos trabalhar com o PlayStation, e nós queremos que isso seja mutuamente vantajoso. Quanto mais essa situação se arrastar, menos vai ser. Eu não consigo imaginar um cenário onde a Epic não consegue o que quer – Essa possibilidade acabou quando Fortnite se tornou o jogo mais jogado no PlayStation.

Aqui vai o que eu proponho:

  1. Nós tamos para vocês a informação que quiserem + os dados de marketing.
  2. Epic integra profundamente a API da Sony eSports na UE4 como uam característica da Engine. Nós anunciamos e vendemos isso como uma engine de 1ª classe. (Talvez um anúncio na E3?) E damos suporte a isso no Fortnite.
  3. Nós anunciamos o crossplay em conjunto com a Sony. A Epic sai do caminho para fazer a Sony parecer como a heroína. Vocês escolher quando/como/onde.
  4. A marca Epic se apresenta na E3 junto do PlayStation. Nós estamos planejando um grande pós festa com 100 jogadores/celebridades. Os orçamentos que eu vi são grandes, e via ser o maior evento na E3. (talvez nós anunciemos junto com as celebridades no palco? Novas parcerias ++)
  5. Epic se compromete a explorar mais itens – talvez nós nos dediquemos a um jogo no lançamento da sua próxima plataforma VR?
  6. PS Plus – talvez nós possamos fazer algo especial por um mês? Oferecer um personagem único, ou algo de alto valor para fazer mais pessoas assinarem a PS Plus.
  7. Epic estende a licença da Sony com a UE4. Essa nova licença tem alguns dos melhores termos que já oferecemos pela UE4.

Vamos fazer disso uma grande vitória pra todos nós. A Epic não vamos mudar de ideia sobre esses assuntos, então vamos apenas concordar com isso agora.”

confira o original abaixo:

Crossplay

Porém, mesmo com essa investida, a Sony teria se recusado a adicionar o recurso Crossplay em seu console. Essa postura só viria a mudar em 2019, quando o Crossplay foi anunciado, sem o público em geral saber o porque da mudança de postura.

Agora, um documento confidencial sobre a política da Sony em relação ao crossplay indica que a mudança de postura ocorreu porque a empresa adotou a prática de cobrar dos desenvolvedores de jogos valores como “multa” baseadas em diversas condições para a presença do Crossplay.

Como pode ser conferido na imagem abaixo:

Divisão de receitas para o Cross-Plataform

  • Se a proporção da divisão de receitas da PSN dividida pela quantidade de jogadores de PS4 de um título for menor que 0.85 (85%), o parceiro terá de pagar um royalty da diferença da redução da receita.
  • O parceiro não tem obrigação de pagar royalty em meses onde a divisão de receitas da PSN com o PS4 foi maior que 0.85.
  • Tanto a divisão de receitas da PSN quanto a quantidade de gameplay no PS4 são determinados pela informação providenciada pelo parceiro na data requerida
cross_platform_revenue_share

Após essas informação seguem alguns exemplos de valores, onde em um mês no qual a divisão da receita com a PSN foi de 90%, a empresa parceira não teve que pagar nenhuma “multa” pelo crossplay, porém em um segundo mês em que a divisão foi de apenas 60%, a empresa passa a pagar um determinado valor.

Basicamente, se mais que 15% dos jogadores de um título com crossplay no PS4 não estiverem gastando dinheiro dentro da PSN, a produtora daquele jogo precisa pagar royatys para a Sony, como uma “multa”. Então se os jogadores jogam no PS4, mas realizam a compras dentro do jogo em outras plataformas, isso pode gerar a necessidade de compensação por parte da empresa produtora daquele jogo.

Obviamente essa é uma situação bastante polêmica, uma vez que nem todas as produtoras vão estar dispostas a aceitar essas condições, fazendo com que provavelmente nós não possamos ver o crossplay em alguns títulos do PS4.

Produtoras de jogos precisam pagar para a Sony pelo recurso Crossplay em determinadas situações de acordo com os lucros obtidos.

Total
0
Shares
Related Posts
Total
0
Share