tenet christopher nolan

Tenet | Nolan garante que filme não é sobre viagem no tempo

Diretor aborda o conceito de ‘Inversão’ em seu novo longa.

Todos nós estamos ansiosos pela estreia de Tenet, o novo filme de Christopher Nolan, que falará sobre espionagem internacional e também pelo o que tudo leva a crer, uma nova proposta de volta no tempo. O cineasta não é bem um cientista, mas ele adora mexer com conceitos científicos em seus filmes, e parece que neste novo projeto ele vai levantar uma nova teoria sobre viagem no tempo.

Em entrevista recente ao site Entertainment Weekly, Nolan abordou o conceito de ‘Inversão’ que vai nortear Tenet.

“Não é um filme sobre viagens temporais. Nós lidamos com a questão temporal, e as diferentes maneiras que ele pode funcionar. O conceito de ‘Inversão’ envolve todo o material que está ao seu redor funcionar de um jeito oposto ao convencional. São coisas que funcionam de trás para frente, e relativamente às pessoas em rotação normal.”

A trama do longa – descrita como um épico de ação no mundo de espionagem internacional – é mantida em segredo até então, mas sabe-se que o personagem de John David Washington (Infiltrado Na Klan) “acorda” após passar por um teste e a palavra ‘Tenet’ faz a realidade mudar de alguma forma.

O elenco conta ainda com Robert Pattinson (Crepúsculo), Elizabeth Debicki (Guardiões da Galáxia Vol. 2), Kenneth Branagh(Dunkirk), Aaron Taylor-Johnson (Vingadores: Era de Ultron), Dimple Kapadia (O Que o Coração Deseja) e Clémence Poésy (Harry Potter). A trilha sonora é composta por Ludwig Göransson (Pantera Negra).

Tenet estreia em 13 de agosto nos cinemas.

Total
0
Shares
Previous Article
the kings man fox cdl 1280x720

King's Man: A Origem, prequel da série Kingsman, ganha novo trailer

Next Article
pokemon 32 bits

Mega Evolução é anunciada em Pokémon GO

Related Posts
monstro
Leia

Crítica | Monstro

Intenso, o filme discute a vulnerabilidade da juventude e os preconceitos ainda presentes na sociedade.
maes de verdade
Leia

Crítica | Mães de Verdade

O drama japonês não encara a maternidade como algo mais amplo do que a biologia e abusa de clichês na esperança de gotejar lágrimas da audiência.
Total
0
Share