Connect with us

cinema

Vingadores: Ultimato é eleito o pior filme da década pela revista New York

A lista não foi resultado de nenhum consenso diz e certamente não é definitiva. Mas reflete os altos e baixos de uma década tumultuada.

Avatar

Published

on

A revista Volture, parte de entretenimento da conceituada revista New York revelou a lista dos melhores e piores filmes da década e a lista acabou surpreendendo um pouco, ainda mais depois de serem analisados 5.279 filmes.

A lista não foi resultado de nenhum consenso diz e certamente não é definitiva. Mas reflete os altos e baixos de uma década tumultuada. 

Os últimos 10 anos foram prejudicados pelas previsões do dia do juízo final sobre o cinema, sejam os precursores Netflix ou super-heróis ou os altos preços dos cinemas. Por outro lado, a revista justamente buscou entender o movimento hoje do cinema e a conclusão pode surpreender.

Os top 5 filmes foram.

1. Melancolia
2. Mad Max: Estrada da Fúria
3. A Árvore da Vida
4. Domando o Destino
5. A Separação

Homem-Aranha: No Verso da Aranha ocupa a 9 posição, Projeto Flórida a 10 posição, o sucesso e queridinho do ano, Parasita, esta na 14 posição. Em 18 posição temos Era uma vez em Hollywood e Dunkirk a 22 posição.

Porem a revista colocou os piores filmes da década como A Mumia e Vingadores: Ultimato, sendo este eleito o pior filme dos últimos 10 anos. Sobre Ultimato a revista diz

“agora o filme com maior bilheteria de todos os tempos. Era para ser o culminar de uma franquia de filmes que definia uma década e, de muitas maneiras, o produto de entretenimento mais significativo dos últimos 10 anos, o filme tem seus méritos relativos: provavelmente tem os melhores efeitos visuais de qualquer filme da Marvel, o que não é uma conquista inconsiderável. Mas mesmo durante as partes de que gostamos (e um de nós se emocionou com a conclusão), não podíamos deixar de sentir que estávamos simplesmente agradecendo pelas poucas migalhas de filmes decentes que nossos captores da cultura corporativa estavam nos jogando. 

As participações financeiras do estúdio nunca se traduziram de maneira narrativa ou emocional em uma trama de viagem no tempo projetada para mostrar caoticamente a história da franquia… Muito disso tem a ver com a caracterização aleatória de Ultimat , mal mantida unida por várias dúzias de estrelas e seus níveis variados de carisma de ator. O ponto crucial do filme é a performance de Robert Downey Jr., que, depois de todos esses anos, acaba desmoronando nas brigas, a fim de abrir caminho para os personagens que estão se graduando nas linhas de frente da após sua morte”

Concorda com a classificação da revista? Confira a lista completa aqui.

Advertisement
Comments

Instagram

Parceiros Editorias

Mais lidas