DAMvDRX

Worlds 2020 | DAMWON atropela DRX na primeira série das quartas de finais

Na primeira série das quartas, DWG fez um 3×0 com facilidade pra cima da DRX.

Depois de muitas partidas e emoções, alegrias e tristezas, jogadas incríveis e outras decepcionantes, nós finalmente chegamos a fase de mata – mata do Worlds 2020, abrindo os jogos com uma série que reeditou a final do segundo split da LCK: DAMWON Gaming contra DRX.

A DAMWON Gaming sem dúvidas é uma das favoritas ao título do Worlds de 2020, tendo dominado e sido campeã do segundo Split da LCK. No mundial, a equipe fez uma fase de grupos bastante sólida, se classificando sem dificuldades e perdendo apenas sua última partida, contra a JD Gaming, outra equipe bastante forte na competição.

A DRX também teve um ano bastante forte, ficando sendo vice campeã da LCK perdendo justamente para a DWG. No mundial, a equipe só conseguiu sua classificação no último dia após partida decisiva contra a FlyQuest, mas mesmo apresentando alguns pontos fracos, não teve muitas dificuldades para se classificar para a próxima fase.

Em uma série que poderia ser a revanche para a DRX, tivemos 3 jogos relativamente equilibrados, mas nos quais a DWG se provou um time mais forte e melhor organizado, emplacando um novo 3×0 sobre os adversários e frustrando os sonhos da DRX. Confira abaixo como foram as partidas:

Jogo 1: Vitória da DAMWON Gaming
DWG: Leona – Jhin – Syndra – Graves – Kennen.
DRX: Lulu – Caitlyn – Orianna – Kindred – Jayce.
MVP da partida: BeryL – Leona (0/0/4)

E a primeira partida da série foi bastante técnica, com poucos abates e um show de controle de mapa da DWG.
A primeira grande luta, junto com o primeiro abate, aconteceu pelo arauto na casa dos 12 minutos de jogo. A DWG se organizou melhor em volta do pit do objetivo e usou bem seus recursos de engage para explodir Doran sem muitas dificuldades. Chovy ainda chegou a usar uma boa ult com sua Orianna para parar os adversários, mas isso não foi o suficiente para impedir que conquistassem mais um abate e o bônus.
Após isso, a DWG tentou usar o arauto no mid, mas Chovy e Psyosik fizeram uma boa defesa e não chegaram a deixar o objetivo dar seu PEI na torre. Apesar do uso ruim do bônus, a DWG continuou controlando o mapa e garantiu mais um dragão, e pouco tempo depois o segundo arauto.
A DRX praticamente só assistia no Rift devido ao momento da sua comp, que precisava de tempo para farmar e crescer.
Com o nascimento do terceiro dragão, a DRX decidiu dar combate mais uma vez em um objetivo e o garantiu, recuando em sequência, desviando das tentativas de iniciação de luta da DWG sem perder membros.
A partida começou a mudar de cara para a DRX, ainda mais com a Orianna de Chovy que tinha incríveis 260 de farm em 22 minutos, porém faltava a equipe tentar das as cartas no rift.
Com um pick off em cima Psyosik, que saiu vivo com o refúgio da ovelha, a DWG conseguiu o espaço que precisava para garantir a alma infernal, e, ao ver os adversários indo para a base, emendou o barão logo na sequência. O objetivo até deu alguma vantagem a mais para a DWG, mas não tudo que a equipe gostaria.
Com o nascimento do Dragão Ancião, as equipes foram para o pit, e então Psyosik acabou dando um vacilo enorme, sendo abatido com flash e ult disponíveis. Sem caçador, o objetivo ficou fácil para a DWG. A DRX ainda tentou contestar e viu vários de seus membros caírem um a um. A vantagem que a partida inteira esteve pequena simplesmente disparou. A DWG ainda garantiu mais um barão para ter certeza que levaria o jogo.
Com o doublebuff, a DWG levou os 3 inibidores, e com a ajuda dos superminions, as duas últimas torres e o nexus da DRX.

Jogo 2: Vitória da DAMWON Gaming
DWG: Thresh – Aphelios – Twited Fate – Graves – Ornn
DRX: TahnKench – Senna – Galio – Nidalee – Jax
MVP da partida:
 Nuguri – Ornn (1/2/8)

Dessa vez o first blood ficou com a DRX. A equipe mandou seu jg e mid para o top e viu Nuguri tentar o dive desesperado para tentar pegar uma kill antes de ser abatido. A tentativa do topo da DWG foi em vão, e ele acabou sofrendo o FB por Chovy.
A equipe da DRX continou a tentar a movimentação na frente da DWG, levando 4 jogadores para a bot lane. Mas os adversários responderam bem, com ShowMaker e Canyon chegando para garantir o abate para o time.
As equipes então decidiram trocar objetivos, a DRX garantiu o arauto e a primeira torre no top, enquanto a DWG pegou o primeiro dragão e a torre do bot. Quando o segundo arauto nasceu, as equipes novamente trocaram objetivos, mas dessa vez invertendo quem pegava o dragão e o arauto.
A partida estava bastante lenta, até simplesmente explodir uma team fight em volta do efeito vermelho, onde a DRX se aproveitou melhor do terreno e garantiu um Ace não oficial.
A partir desse momento, a DRX começou a dar as cartas no mapa e controlar a partida. O jogo parecia que ficaria tranquilo para a equipe, até explodir uma nova team fight na mid lane.
A luta começou melhor para a DRX, porém Nuguri conseguiu lançar 3 jogadores para o alto com seu bode, e Ghost mostrou um posicionamento perfeito estando com o lança-chamas de seu Aphelios, e a DWG simplesmente limpou 4 adversários, garantiu o dragão e Barão, virando toda a vantagem de ouro do jogo em apenas uma luta.
Quando o bônus roxo nasceu novamente, a DWG cercou o pit, abateu dois adversários e mesmo sem fazer o objetivo neutro, partiu para a base da DRX, garantiu o Ace e venceu mais uma partida.

Jogo 3: Vitória da DAMWONG Gaming
DWG: Pantheon – Ashe – Orianna – Kindred – Ornn
DRX: Braum – Senna – Vel Koz – Graves – Vladmir
MVP da partida: Canyon – Kindred (7/0/6)

A primeira jogada da partida aconteceu na bot lane. Quando a DWG mandou seu suporte para ajudar Canyon a fazer o primeiro dragão, a DRX respondeu com 3 jogadores voando em cima de Ghost para matar o atirador adversário. Pouco tempo depois, na top lane, os tops trocaram abates em um “semi dive” de Nuguri.
Não dava tempo da torcida respirar, e DaryL saiu da bot lane para ajudar sua equipe a conseguir um abate em cima de Psyosik e deixar o primeiro arauto da partida nas mãos da DWG.
Enquanto a DWG mostrava uma movimentação de mapa melhor inicialmente, a DRX apostava em colocar abates na mão de seu Vladmir e deixar sua equipe crescer ao longo do jogo.
Por mais que a DRX fizesse uma partida melhor que as anteriores, a DWG mostrava ser superior no dedo e conseguia abates em cima dos adversários pelo mapa. Sempre que a DRX começava melhor uma luta, seus jogadores empolgavam com over e acabavam abatidos.
E foi dessa forma que a DWG garantiu o primeiro barão. A equipe da DRX começou melhor, pegando um abate e colocando seus adversários para correr, porem exageraram na perseguição até entrar no meio da selva, cenário perfeito para o Ornn lutar, e a equipe da DWG simplesmente atropelou seus adversários e garantiu o bônus.
A partida que começou sendo a melhor da DRX rapidamente virou um Stomp da DWG. E aos 25 minutos de jogo, a DWG garantiu o Ace, a partida e a série.

O Mundial volta amanhã com Suning contra JD Gaming, às 7 horas.

Total
0
Shares
Previous Article
dc future state

DC Future State | Evento traz novas identidades aos super-heróis

Next Article
118153126 1228304324177237 3774473301138320670 o

TFT Destinos | Notas de atualização 10.21

Related Posts
Total
0
Share