Connect with us
Avatar

Published

on

Chegamos ao quarto dia da fase de entrada com a INTZ estando em situação de vida ou morte. Tendo sofrido 3 derrotas em suas partidas anteriores, a equipe precisava vencer e torcer por outros resultados para poder jogar o desempate da última colocação e seguir viva no campeonato. Com a derrota mais cedo da MAD Lions para a Legacy, uma vitória brasileira colocaria eles para disputar vaga contra os europeus.

Ao mesmo tempo, para a Team Liquid também só importava a vitória, que poderia garantir o acesso direto para a fase de grupo sem a necessidade de fazer um jogo de desempate pelo primeiro lugar.

Dessa forma, confira o que rolou:

7:00H – INTZ X Team Liquid: Vitória da INTZ

MVP da partida: RedBert – Alistar (2/0/9)

A INTZ começou forte a partida, unindo todos os jogadores antes dos 4 min, com TP de Tay, para pegar dois abates em cima de Broxah e CoreJJ no rio da bot lane. Jogando com uma agressividade que até o momento não havia sido demonstrada, a INTZ forçava lutas e punia a falta de mobilidade do time adversário, mas a Team Liquid não ficava pra trás, e também punia todo e qualquer erro dos brasileiros, fazendo com que a partida fosse muito bem disputada no early game.
Enquanto o primeiro dragão ficou para os intrépidos, o primeiro arauto ficou com a Team Liquid, que também aproveitou para usá-lo para dar a primeira torre para o Renekton de Impact, que batia de frente com a Camille de Tay.
O mais preocupante para a equipe brasileira era que a Team Liquid ia aos poucos aumentando a sua vantagem no ouro. Com 20 minutos de jogos, ambas as equipes tinham a mesma quantidade de dragões e abates, mas o farm melhor e uma torre a mais garantiam cerca de 3,5k de ouro de vantagem para a Team Liquid.
A maior vantagem da INTZ era que Tay estava muito forte, e aos 23 minutos, após realizar um pick off junto com Envy em cima do Impact, o topo brasileiro garantiu a destruição de todas as torre da botlane adversário, deixando o inibidor exposto.
Mais uma vez a INTZ aproveitou a falta de flash e mobilidade dos adversários para coletar dois abates em cima de Tactical e Impact, garantindo o barão na sequência. A equipe brasileira estava fazendo sua melhor partida na competição até o momento.
Utilizando muito bem o bônus, os brasileiros empataram o placar de dragões, e viraram no placar de torres e ouro, e quando a Team Liquid tentou cobrar, conseguiram um desengage perfeito pra saírem todos vivos.
Como o Vecet dizia na transmissão, a INTZ estava deixando o Brasil sonhar, conseguindo um novo pick off em cima da Lillia de Broxah, abrindo dois inibidores e garantindo mais um dragão infernal para a equipe. Enquanto os intrépidos davam show no mapa, no Twitter o Melão usava seus poderes de Zica reversa para atuar como sexto player.
Com a vantagem de mapa, a equipe começou seu segundo barão, e mesmo com todo o time adversário vivo, não deu chances para a TL pensar em um roubo.
Com o bônus, a equipe brasileira abriu o último inibidor, e Envy e garantiu uma onda de choque perfeita de sua Orianna em cima da Ashe de Impact. A TL ainda tentou lutar e se defender, mas um por um seus jogadores caíram e a INTZ conseguiu a vitória das esperanças brasileiras, garantindo a disputa de desempate contra a MAD Lions.

9:00H (Desempate 4º lugar) – INTZ X MAD Lions: Vitória da MAD Lions

MVP da partida: Orome – Wukong (2/2/5)

Semelhante a primeira partida entre as duas equipes, o jogo começou morno com as equipes se estudando, mas vale destacar que dessa vez os laners na INTZ jogavam melhor, com destaque para Tay e sua Camille, que estava empurrando bastante Orome e seu Wukong. E dessa forma, Shini garantiu o arauto, e em sequência fechou o top laner da MAD que passeava pelo rio para garantir o primeiro abate em favor do Tay e usar bônus para ganhar algumas barricadas. Na sequência, a MAD jogou diversos jogadores para o Top para conseguir abater o caçador intrépido e descontar.
Em boa movimentação, a equipe da MAD garantiu o primeiro dragão, mas a INTZ não ficou parada assistindo e garantiu uma kill em cima de Shad0w, e na sequência a primeira torre no meio.
A INTZ concentrava recursos em Tay, enquanto a MAD fazia o mesmo com a Orianna de Humanoid, e não deixava a INTZ disparar no ouro.
A primeira grande luta do jogo explodiu com Shini flanqueando muito bem o time adversário e jogando Orome para perto do seu time. Impressionantemente, as duas equipes usaram todos os recursos que tinham disponíveis muito bem, e absolutamente ninguém saiu morto na luta.
Quando o terceiro dragão do jogo nasceu, a INTZ iniciou uma luta, e a MAD virou muito bem, eliminando dois jogadores intrépidos muito rápido. O que parecia que ia ser um desastre pros INTzetes mudou completamente com a chegada de Tay, que destruiu a back line adversária, e junto com o dano da Senna de MicaO, conseguiram um Ace a favor da equipe brasileira e seu primeiro dragão na partida.
Na sequência, a INTZ aproveitou que Humanoid estava do outro lado do mapa sem teleporte e startou o barão. A equipe da MAD chegou para tentar contestar, mas a INTZ garantiu o bônus e perdeu apenas RedBert, que se sacrificou para segurar os adversários. O bônus infelizmente não foi bem utilizado pela equipe brasileira, que conseguiu uma torre, mas perdeu Tay duas vezes seguidas tentando forçar no mapa, e dando espaço para a MAD garantir seu terceiro dragão na partida.
A INTZ começou a demonstrar erros e afobar em lutas e a MAD usou-os para se recuperar na partida e garantir a alma do oceano. com o bônus, a MAD garantiu o Ace e ganhou o jogo em uma virada decepcionante para a torcida brasileira.

Dessa forma, a INTZ de despede do Mundial, deixando um gosto amargo para toda a torcida. Diferente dos outros dias, a INTZ fez excelentes partidas, e inclusive chegou a estar com o jogo praticamente na mão no desempate, mas a afobação e o emocional falaram mais alto e a equipe não conseguiu administrar a vantagem.

Agora é hora de agradecer a equipe pelo esforço, e cobrar, não só eles, mas como todo o cenário, de melhoras tanto na mecânica, quanto na parte emocional.

Com derrota no desempate, a INTZ fica 1-4 em sua campanha e se despede do mundial.

Advertisement
Comments

Parceiros Editorias

Mais lidas