Worlds 2020 | Suning surpreende e despacha JD Gaming

SN surpreende e emplaca 3×1 de virada na JDG e passa para a próxima fase do Worlds.

Após acompanharmos o atropelo da DAMWON pra cima da DRX, chegamos no segundo dia com uma partida entre duas equipes Chinesas: JD Gaming contra Suning

A JD Gaming vinha como favorita, tendo sido a campeão do primeiro split e a vice campeã do segundo split da LPL, a equipe ficou na segunda colocação de seu grupo, que contava com a poderosa DAMWON Gaming, tendo inclusive conseguido uma vitória em cima dos coreanos.

A Suning entrou no campeonato como Seed 3 da China, e conseguiu a primeira colocação de seu grupo em jogo de desempate contra a G2 Esports. Apesar disso, a equipe era considerada mais fraca para esse confronto por conta de erros cometidos na fase de grupos estando em confrontos teoricamente mais fáceis que seus adversários das quartas de final.

Com 4 partidas onde pudemos assistir um League of Legends de altíssimo nível, vimos a Suning superar a JD Gaming de virada, principalmente com belas atuações de Huanfeng e seu Jhin, conseguindo um 3×1 na série e se classificando para a próxima fase, esperando agora para enfrentar o vencedor de Fnatic e Top Esports. Confira abaixo como foram os jogos:

Jogo 1: Vitória da JD Gaming
SN : Bardo – Miss Fortune – Galio – Graves – Gangplank
JDG: Leona – Jhin – Zoe – Lillia – Renekton
MVP da partida: Yagao – Zoe (5/1/11)

Que jogaço que fizeram JDG e Suning nessa primeira partida, nada parecido com os jogos lentos que costumam marcar a abertura de séries.
A equipe da JDG demonstrou um early game bastante agressivo, principalmente na bot lane aproveitando seu pick de Leona. Essa agressividade rendia a equipe diversas invasões na selva adversária e uma rotação mais rápida no mapa.
A primeira grande luta ocorreu logo após a JDG garantir o primeiro arauto. A Suning chegou para tentar cobrar seus adversários, mas viu os oponentes jogarem melhor a luta e sair com 2×1 no placar de abates.
O jogo era bom e bem movimentado, com ambas equipes sabendo usar bem as forças de seus picks para criar jogadas. A movimentação da JDG, no entanto, era melhor para garantir os objetivos neutros.
A segunda grande luta aconteceu pelo terceiro dragão da partida. Dessa vez a equipe da SN se mostrou melhor melhor e coletou dois abates, junto com o objetivo. A equipe tentou engatar um barão na sequência, mas os jogadores restantes da JDG conseguiram parar a tentativa quase impondo um desastre para a Suning, que recuou com todos seus jogadores com vida baixa.
Quando a JDG foi fazer o terceiro dragão, o jogo virou uma bagunça. O time garantiu o objetivo, mas perdeu 2 jogadores. A SN partiu para o barão, e surpreendentemente os jogadores restantes da JDG conseguiram parar o objetivo e conseguir duas kill, dessa forma, sua equipe que acabava de renascer, veio em busca de fazer o mesmo objetivo. Aqueles que ainda estavam vivos na Suning tentaram parar, mas em uma luta extremamente bagunçada no pit, a JDG conseguiu garantir o barão na base do ataque básico.
Com o barão de pé novamente, a JDG conseguiu encaixar uma ótima luta para eliminar 3 adversários e garantir o objetivo. A partida que estava equilibrada começava a ficar com a cara da JDG. Com o objetivo, a equipe foi atrás de garantir a alma do Oceano, conseguiu mais abates e viu seu caminho abate para vencer a primeira partida da Série.

Jogo 2: Vitória da Suning
SN: Leona – Jhin – Zoe – Graves – Gangplank
JDG: Sett – Miss Fortune – Galio – Lillia – Renekton
MVP da partida:
 Huanfeng – Jhin (9/0/12)

Para a segunda partida, a Suning começou jogando mais pela bot lane e conseguiu o First Blood por ela, mas, assim como na partida anterior, o jogo era bem equilibrado e a JDG também conseguia criar jogadas boas. E tal qual na partida anterior, o GP de Bin sofria bastante contra o renekton do Zoom.
Quando a JDG conseguiu o primeiro arauto, a equipe já o aproveitou para conseguir a primeira torre da top lane, porém a Suning chegou para punir os adversários, lutar melhor e garantir 3 abates.
No segundo arauto, a equipe da Suning conseguiu derrubar o objetivo, mas parecia que na sequência iria cair, pois a equipe da JDG chegou lutando com muita força e impedindo seus adversários de pegar o olho do objetivo. Só parecia, porque a Bot Lane da Suning chegou com muita força para explodir o time adversário e garantir um ace e muita vantagem no jogo, conseguindo também uma torre e o dragão na sequência.
A vantagem da Suning começou a fazer diferença. com a equipe vencendo novas lutas e conseguindo mais objetivos pelo mapa. A JDG até tentava resistir, mas a cada luta a equipe perdia mais jogadores e devolvia menos. Dessa forma, com 25 minutos de jogo a vantagem da Suning já estava na casa dos 10k.
Pouco tempo depois, em nova luta, a Suning mais uma vez atropelou a JDG, garantiu o ace e a vitória na partida, empatando a série.

Jogo 3: Vitória da Suning
SN: Bardo – Jhin – Galio – Kindred – Gangplank
JDG: Pantheon – Ezreal – Twited Fate – Lillia – Volibear
MVP da partida: SofM – Kindred (5/1/9)

A rinha começou cedo com as equipes se encontrando lvl 1 no rio, e o encontro saiu muito bom para a Suning, ficando duas kills para o GP de Bin, que foi base e voltou de fulgor para a rota antes da primeira wave.
Com o top perdido, a JDG começou a focar sua movimentação para o bot, porém quem conseguiu o primeiro dragão foi a equipe da Suning, aproveitando pick off em cima de LvMao.
A JDG tentou o primeiro arauto, porém a Suning mandou seus 5 jogadores para o objetivo, e com a chegando de Bin, a JDG não teve escolha além de recuar e assistir os adversários pegarem o objetivo e usarem em sequência pra conseguir a primeira torre do jogo. Para se ter uma ideia da vantagem, Bin fechou a força da trindade para seu GP com apenas 9 minutos de jogo.
Se fosse apenas o Bin o problema não seria tão grande para a equipe da JDG, porém toda a Suning fazia uma excelente partida em termos mecânicos. principalmente SofM com seus Kindred, que eliminava os adversários e usava sua ult de forma perfeita sempre que estava em perigo.
A JDG estavas perdida no mapa, enquanto a Suning garantia todos os objetivos neutros que apareciam no jogo.
De repente o inesperado aconteceu. Com o barão nascendo, a Suning iniciou uma luta, e com SofM e SwordArt morrendo sem ultar, a equipe da JDG aplicou um Ace perdendo apenas dois jogadores, e pegando o barão na sequência. SofM, que havia renascido, ainda conseguiu chegar e tirar o bônus de um dos adversários e buscar a alma do vento na sequência, mas a JDG conseguia uma sobrevida e congelando a partida.
Com o dragão Ancião nascendo, a Suning lutou e expulsou os adversários, mesmo sem conseguir abates, para poder conseguir o bônus e seguir novamente para o barão e garantir o double buff
Com os dois bônus, a Suning derrubou tudo e todos que estavam na sua frente e virou o placar da série.

Jogo 4: Vitória da Suning
SN: Thresh – Jhin – Zoe – Kindred – Volibear
JDG: Blitzcrank – Ashe – Twited Fate – Graves – Renekton
MVP da partida: Huanfeng – Jhin (7/1/5)

Valendo a série, a JDG buscou o first blood mandando 3 jogadores para o topo em dive muito bem executado. A Suning tentou responder com um dive no bot, conseguindo uma kill, perdendo um membro, mas garantindo o dragão.
Por algum motivo, explodiu uma teamfight no rio sem nenhum objetivo disposto e tivemos um vários abates para os dois lados. Bom ficou para Bin, que não saiu da top lane e garantiu barricadas para si.
A equipe da JDG queria acelerar a partida, e logo após pegar o arauto já derrubou a torre do mid. A equipe da Suning buscou responder mandando os 5 jogadores e conseguindo um abate. Dessa vez, Zoom foi quem ficou no top coletando barricadas.
As rotações iam ficando um pouco melhor para a JDG sempre, que tinha 4k de ouro de vantagem aos 15 minutos de jogo. A Suning, por sua vez, buscava juntar dragões como sua condição de vitória.
Quando o terceiro dragão nasceu, as duas equipes lutaram, e apesar de a luta ficar por muito tempo parecendo que ia ficar melhor para a JDG, SofM usou um ultimate perfeito para salvar seu parceiros, e em sequência Huanfeng brilhou garantindo um triple kill, a vitória na luta e o dragão para seu time.
Pouco tempo depois as equipes lutaram novamente, e mais uma vez a Suning se saiu melhor, derrubando a vantagem de ouro dos adversários para apenas 1,5k.
Na luta pela alma o jogo começou a tomar contornos decisivos. Mais uma vez a JDG começou melhor e quase eliminou Bin, mas a resposta da Suning foi perfeita, salvando seu aliado, eliminando adversários, garantindo a alma e o barão na sequência.
Com o objetivo a Suning partiu para cima dos adversários, derrubou o que restava da base e das esperanças da JDG, surpreendendo e garantindo a vaga nas Semifinais (para a felicidade do meu bolão, já que apostei neles mesmo).

O Mundial volta amanhã com Top Esports contra Fnatic, às 7 horas.

Total
0
Shares
Related Posts
Total
0
Share