Zack Snyders Justice League Official Trailer HBO Max 1 16 screenshot 1280x720 1

Zack Snyder’s Justice League | Porque você odeia a existência deste filme?

Você não precisa gostar ou não, é só você não assistir.
Cabana do Leitor Colunista Avisos Opinião

A Snyder Cut, ou a Zack Snyder’s Justice League, está para estrear dia 18 de março e o impossível aconteceu, o diretor mostrou em um novo trailer divulgado uma versão do filme totalmente nova, fazendo a alegria dos fãs, mas um fator no mínimo curioso também foi visto, críticos se levantaram pelo simples motivo de criticar.

Comentários como “Não sei porque este povo esta hypado por causa de um trailer” (quando a Marvel lança seus trailers o pessoal não fica surtado? Mas parece que a Lumena não autorizou o hype pra trailer dos filmes da DC) apareceram na minha TL. Influenciadores decidiram “zoar” com os marginalizados fãs de Zack Snyder, mas talvez de maneira inocente não se deram conta do que este filme representa para uma boa parte dos fãs da DC Comics e para o próprio Zack Snyder.

Zack Snyder saiu da direção Liga da Justiça, após o suicídio da sua filha, Autumn Snyder. Depois que a versão do diretor acusado de assédio moral e abuso Joss Whedon saiu nos cinemas sendo massacrada pela critica e público, fãs da DC se voltaram para a Warner, afim de pedir a liberação do corte original do diretor, por fim, depois de pelo menos três anos, o filme Zack Snyder’s Justice League ganhou sinal verde do estúdio.

A Warner inclusive já falou mais de uma vez que o filme Zack Snyder’s Justice League não deve ter uma continuação, e o Universo DC Comics nos cinemas vai continuar sem o Snyder (vale o destaque que os 70 milhões gasto no filme não saiu do bolso de nenhum pagador de impostos), porém mesmo assim algumas pessoas tentam ao máximo diminuir o trabalho do Snyder. Pior que antes fosse críticas comuns mas são puro ódio, disfarçado de piadinhas.

Estas pessoas usam a sua influencia para diminuir um filme que tem tantas causas. Como por exemplo, Ray Fisher, como Cyborg, desprezado na versão do Whedon, ganha sobrevida neste novo filme. Fisher foi o primeiro ator a se levantar contra os abusos de Whedon no set da Liga da Justiça em 2017. Mesmo que grande parte dos influenciadores sejam pro bandeiras progressistas, eles ignoram que Ray Fisher seja um ator negro, e não só ele como outros atores negros que foram simplesmente cortados da trama devem ter mais importância na versão de Zack Snyder. O mais engraçado é que até ontem esta galera dizia que vidas negras importam, parece que importam menos do que manter viva a visão distorcida sobre um simples filme.

Os fãs também conseguiram sozinhos ajudar com mais de 2 milhões de reais uma instituição que tenta prevenir suicídios, uma forma de prestigiar a filha falecida do diretor, mas isso importa? Não, para muitos o prazer de julgar as pessoas que uniram sua paixão com amor pelo próximo não deve ser considerada.

Outro ponto foi que a diretora de Mulher-Maravilha, Patty Jenkins, teria dito que ficou insatisfeita como a sua personagem foi tratada na Liga da Justiça em 2017, e teria comunicado a Warner que não gostaria que a sua personagem tivesse mais contato com o diretor de Vingadores, provavelmente pela sexualização da mesma no filme e uma piada sexual envolvendo WW e o Flash.

Isso tudo foi colocado, e mesmo assim essa galera não se convence e nem ao menos tenta entender a importância do filme. Eu como negro entendo o quanto me senti bem vendo Pantera Negra, e o quanto foi maravilhoso, agora porque eu acho interessante desmotivar pessoas em torno de algo que elas gostam mesmo que não seja a minha praia? O que ganho? Nada. “Faço isso para ver a galera revoltada mesmo”, parabéns nerdola to gostando de ver.

O filme pode sair e ser péssimo, como pode ser maravilhoso, porém quem sou eu para dizer para o outro no que ele pode se sentir feliz e empolgado? Cada um que seja feliz naquilo que buscou e acreditou, ver outras pessoas felizes deveria ser a base de qualquer relação humana.

O único motivo para você odiar este filme (que nem foi lançado) talvez seja por que ele não foi feito pra você, mas sim para os fãs da DC Comics e especificamente para as pessoas que amam este universo criado pelo Snyder, ou seja, você não precisa gostar ou não, é só você não assistir.

Zack Snyder’s Justice League estreia na HBO Max no dia 18 de março.

Total
0
Shares
Previous Article
Capa Rua 24 min

Resenha | Rua 24

Next Article
revolta

CBLOL 21 | INTZ atropela Cruzeiro, enquanto VRX e FLA dão show no Rift

Related Posts
monstro
Leia

Crítica | Monstro

Intenso, o filme discute a vulnerabilidade da juventude e os preconceitos ainda presentes na sociedade.
Total
0
Share