Capa Cabana do Leitor 1

Zahar agora é um selo da Companhia das Letras

Grupo passa a deter 17 selos e massifica sua presença no cenário editorial brasileiro.

Com 30 anos de afinidade ente Zahar e Companhia das Letras, o grupo editorial concretiza essa afilação ao comprar nesta terça-feria (3) a editora até então administrada por Ana Cristina Zahar, Mariana Zahar e Ana Paula Rocha. Apesar desta aquisição ter sido realizada pela Companhia das Letras, a medida deve-se a Penguim Random House, que detém 70% do grupo.

Segundo Luiz Schwarcz, CEO e fundador – em parceria com Lilia Moritz Schwarcz – da Companhia das Letras, as duas organizações estavam com mútuo interesse em incorporar a Zahar no grupo editorial.

“reagi com enorme emoção quando fui procurado por Crica e sua filha Mariana (a Nana) para saber se seria do nosso interesse incorporar a Zahar ao grupo. A partir daí todo o procedimento se deu como tinha que se dar. Agimos como irmãos tentando juntar interesses comuns” diz o presidente do grupo.

Schwarcz lembra que Jorge Zahar, o fundador da Zahar, foi um dos seus mentores em seu processo de aprendizado e amadurecimento como editor. Ele o conheceu na feira de Frankfurt em 1985 quando representava a Brasiliense e dali nasceu uma amizade que resultou – assim que ele fundou a Companhia – em uma parceria entre as duas editoras.

A Zahar surgiu em 1956 e foi a pioneira em publicar livros de ciências humanas e ciências sociais no Brasil, mas chega ao novo grupo levando um incrível acervo de clássicos universais, livros vocacionais para universitários, bem como as obras infantis, que têm sido encaradas como uma das prioridades pela Companhia das Letras.

O presidente da Penguin Random House, Markus Dhole, explicou que a independência editorial da Zahar será mantida e que é um grande prazer recebê-la ao grupo.

“Abraçamos essa responsabilidade com o comprometimento de preservar a independência editorial da casa e seus editores […] Todos na Penguin Random House estamos […] ansiosos para trabalhar com nossos novos colegas nesse capítulo animador”.

A partir de agora o Grupo Companhia das Letras possui 17 selos editorias: Companhia das Letras, Zahar, Objetiva, Alfaguara, Suma, Paralela, Penguim-Companhia, Companhia de Bolso, Portifolio-Penguim, Fontanar, Companhia de Mesa, Quadrinhos na Companhia, Seguinte, Companhia das Letrinhas, Pequena Zahar, Claro Enigma e Boa Companhia.

Total
0
Shares
Previous Article
coringa 1 e1569377664155

Coringa faz mais US 24 milhões no mundo e Brasil quebra recorde

Next Article

Ewan McGregor diz que só aceitou fazer Aves de Rapina por ser um filme 'feminista'

Related Posts